Divulgação/Fiba
Divulgação/Fiba

Após duas décadas, Alex Garcia encerra ciclo na seleção brasileira de basquete

O ala, também conhecido como Brabo, disputou duas Olimpíadas e também cinco Copas do Mundo; ele vai seguir defendendo o Bauru Basket no NBB

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de julho de 2021 | 18h03

Com as olimpíadas de Londres 2012 e Rio-2016 no currículo e uma extensa trajetória nas quadras, o ala Alex Garcia anunciou a sua aposentadoria da seleção brasileira masculina de basquete. Ao todo foram duas décadas dedicadas a representar o país.

Também conhecido como “Brabo”,  ele disputou ainda cinco Copas do Mundo. Entre seus títulos mais relevantes, estão a Copa América de 2009 e ainda duas medalhas de ouro nos Pans de 2003 e 2007. Aos 41 anos, ele vai dar sequência a sua carreira no Bauru Basket.

“É uma decisão tomada há algum tempo. Em 2016, após a Olimpíada, eu pensei em parar, mas agora é verdade mesmo. Tinha confiança de jogar a Olimpíada (de Tóquio) e me despedir depois. Mas o esporte é assim. Fizemos um grande Pré-Olímpico, mas não deu. Agora me  despeço mesmo”, afirmou o jogador que recebeu uma homenagem da Confederação Brasileira de Basquete (CBB).

Diante de sua trajetória como atleta, Alex destacou alguns pontos importantes que viveu nas quadras. “Nossa geração ganhou um respeito internacional muito grande. Você olhava nos rivais internacionais e eles sabia que, para ganhar da gente, tinha que suar bastante. Foi uma geração com seus grandes momentos. E momentos ruins também”, disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.