Após furto e interdição, ginásio do Rio Claro é liberado pelo NBB

Dois dias depois do furto de pertences dos jogadores do Franca em pleno vestiário do Ginásio Felipe Karam, em Rio Claro, o local foi novamente liberado para receber jogos do Novo Basquete Brasil (NBB). O ginásio havia sido interditado na quarta-feira pelo departamento técnico da Liga Nacional de Basquete (LNB), que agora o liberou. Lá acontecerá na sexta-feira a terceira das cinco partidas previstas para a série de oitavas de final, às 20 horas.

Estadão Conteúdo

07 de abril de 2016 | 20h50

De acordo com a Liga, a equipe de Rio Claro atendeu todas às solicitações impostas pela LNB. Foram colocadas grades de proteção no vestiário do time visitante e o clube enviou um ofício à LNB garantindo toda a segurança da partida, inclusive posicionando seguranças na área externa dos vestiários.

Além da interdição, que durou só um dia, o Rio Claro foi multado em R$ 2 mil. Na terça-feira à noite, o vestiário do time francano foi arrombado durante a etapa inicial do confronto, quando os pertences dos atletas e da comissão técnica da equipe visitante foram furtados.

Indignados com o furto, os jogadores de Franca chegaram a ameaçar não voltar à quadra para o segundo tempo, mas acabaram disputando a continuidade do duelo, que terminou com vitória do Rio Claro por 89 a 79. Franca venceu o primeiro jogo da série com o Rio Claro, em casa, no último sábado.

Tudo o que sabemos sobre:
LNB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.