Erik S. Lesser/EFE
Erik S. Lesser/EFE

Após 'repescagem', saiba como ficam os confrontos dos playoffs da NBA

Última vaga para a próxima fase da liga foi decidida neste sábado entre Portland Trail Blazers e Memphis Grizzlies

Sergio Neto, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

15 de agosto de 2020 | 20h58

Os playoffs da NBA estão finalmente definidos. Com a maioria dos duelos já conhecidos após o término da rodada da última quarta-feira, a liga agora tem o time que restava, que vai enfrentar o Los Angeles Lakers na primeira rodada desta fase: o Portland Trail Blazers.

A classificação da franquia do Oregon veio com a vitória suada por 126 a 122 sobre o Memphis Grizzlies. A partida foi válida pelo chamado "play-in", uma espécie de repescagem onde o 8º colocado da Conferência Oeste - no caso os Blazers - colocou a vaga em disputa com o 9º lugar - no caso, o time do Tennessee.

A partida foi emocionante e decidida apenas nos instantes finais, quando Carmelo Anthony converteu um chute de três pontos a 20,2 segundos para o fim do jogo, que colocou Portland à frente por seis pontos. Memphis não conseguiu se recuperar no tempo restante e acabou de fora da próxima fase.

Caso os Grizzlies tivessem vencido, seria realizado um outro duelo neste domingo. O vencedor deste confronto, que não foi necessário, se tornaria o próximo adversário de LeBron James e Cia. Já Portland precisava apenas de um triunfo, o que acabou conseguindo.

Para Entender

NBA: onde assistir, calendário, equipes e tudo sobre a volta da competição

Liga norte-americana volta a ser disputada após mais de quatro meses de paralisação

Com os embates definidos, a pós-temporada da NBA já tem data de início. As partidas inaugurais dos playoffs ocorrerão já nesta segunda-feira. São elas: Denver Nuggets x Utah Jazz, Toronto Raptors x Brooklyn Nets, Boston Celtics x Philadelphia 76ers e Los Angeles Clippers x Dallas Mavericks.

CONFERÊNCIA OESTE

O Los Angeles Lakers (1º lugar do Oeste e 2º geral) só ficou conhecendo seu adversário na primeira rodada dos playoffs neste sábado, após a vitória do Portland Trail Blazers. O time da Califórnia tem alguns pontos positivos: terá alguns dias a mais para se preparar para o duelo de estreia e suas estrelas, LeBron James e Anthony Davis, particularmente brilharam nos jogos entre as franquias na temporada regular: 2 a 1 de vantagem para Los Angeles. Já os Blazers têm uma vantagem bem genuína: sua dupla de armadores, composta por Damian Lillard e C.J. McCollum que, inspirados, podem decidir a partida.

O Los Angeles Clippers garantiu a 2ª posição da Conferência Oeste ao derrotar o Denver Nuggets nesta quarta-feira por 124 a 111. Com isso, a equipe da Califórnia irá enfrentar o Dallas Mavericks, 7º colocado. O confronto traz um dos melhores elencos no quesito defesa, liderado por Kawhi Leonard e Paul George, contra um dos ataques mais eficientes da história da NBA, comandado por Luka Doncic e Kristaps Porzingis. O time de Los Angeles venceu os três confrontos que ocorreram na temporada regular.

Outro duelo interessante é entre Denver Nuggets (3º colocado) e Utah Jazz (6º colocado). Sem poder contar com a vantagem dse classificando na vice-posiçãoo mando de quadra, já que os jogos da NBA estão sendo todos em um único lugar, a franquia do Colorado aposta no seu pivô multi-tarefas, o sérvio Nikola Jokic, no embate contra Rudy Gobert, um dos melhores marcadores da liga dentro do garrafão. Dos três embates na temporada, três vitórias para Denver.

A série mais esperada e com promessa de duelos emocionantes é Oklahoma City Thunder (4º) x Houston Rockets (5º). Se estiver apto a jogar, o que ainda é incerto devido a uma lesão, Russell Westbrook reencontrará o time que defendeu por 11 temporadas, mas que acabou deixando no atual campeonato. A troca do armador MVP de 2016 enviou o experiente Chris Paul ao time do Thunder. A série ainda conta com ninguém menos que James Harden. Na temporada, vantagem de 2 a 1 para Oklahoma City.

CONFERÊNCIA LESTE

Um dos melhores jogadores da NBA, o grego Giannis Antetokounmpo lidera o Milwaukee Bucks em busca de uma nova chance de título após tropeçar por 4 a 2 na final do Leste no campeonato passado para o Toronto Raptors, time que então viria a ser o atual campeão. O time de melhor campanha encara o Orlando Magic, "anfitrião" da liga que se classificou em 8º. Na temporada regular, quatro jogos e quatro vitórias de Milwaukee.

Por falar no atual campeão, o Toronto Raptors perdeu alguns de seus principais jogadores, mas conseguiu se manter entre os primeiros do Leste, avançando na vice-posição. A franquia canadense encara o Brooklyn Nets, que se classificou em 7º lugar da chave. Na temporada, os Raptors levam a vantagem por 3 a 1, mas os Nets perderam apenas três jogos na bolha da NBA em Orlando, mostrando que vai brigar para avançar.

Em um confronto marcado por muita história, o Boston Celtics (3º) encara o Philadelphia 76ers (6º) na primeira rodada do Leste. Os Sixers têm a vantagem de 3 a 1 nos jogos durante a temporada, mas o momento não é dos melhores, já que não contarão com Ben Simmons pelo resto da temporada com lesão no joelho. O pivô Joel Embiid também tem problemas de contusão, o que pode complicar a vida da equipe. Os Celtics têm Kemba Walker saudável, o que é uma má notícia para qualquer rival.

Assim como no Oeste, o Leste também tem uma série que promete ser acirrada. Miami Heat (4º) e Indiana Pacers (5º) medem forças após confrontos quentes durante a temporada. Jimmy Butler e T.J. Warren, um dos destaques desde que a liga voltou na bolha em Orlando, tiveram atritos em janeiro, o que ocasionou na expulsão do jogador dos Pacers. A vantagem na temporada está a favor de Miami por 3 a 1, sendo que o encontro final antes dos playoffs aconteceu nesta sexta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.