Após título, basquete brasileiro continua preparação para Olimpíada

Para conquistar o Torneio Internacional de São Carlos, o Brasil passou pela Grécia por 78 a 71

AE, Agência Estado

29 de junho de 2012 | 08h51

SÃO CARLOS - A seleção brasileira masculina de basquete começou bem a preparação para os Jogos Olímpicos de Londres e na última quinta-feira conquistou o título do Torneio Internacional de São Carlos. Os comandados do técnico Rubén Magnano terão folga nesta sexta, quando voltam para São Paulo para dar sequência aos treinos. Na terça eles viajam para a Argentina, onde disputarão outra competição preparatória, que contará com a equipe da casa, o Chile e a Espanha.

Para conquistar o Torneio Internacional de São Carlos, o Brasil passou pela forte seleção da Grécia na última quinta, por 78 a 71, com ótima atuação do experiente ala Marcelinho Machado, que anotou 22 pontos e decidiu a partida no último quarto com bolas de três pontos.

Ao contrário das duas partidas iniciais, quando passou com facilidade por Nova Zelândia e Nigéria, a seleção teve muita dificuldade diante dos gregos, que estão entre os favoritos para conquistar uma vaga em Londres no Pré-Olímpico Mundial. Depois de virar o primeiro tempo perdendo, por 39 a 36, e ver o equilíbrio permanecer no terceiro quarto, os brasileiros só conseguiram uma boa vantagem no placar no último período, quando a defesa se impôs e Marcelinho Machado decidiu no ataque.

Além de Marcelinho, que terminou como cestinha da partida, o Brasil contou com ótima atuação de Marquinhos, que anotou 17 pontos e terminou a competição como maior pontuador da equipe, com média de 15,3 pontos. Anderson Varejão e Tiago Splitter marcaram nove pontos cada um, enquanto Nenê anotou apenas cinco, mas foi dominante no garrafão.

Pelo lado da Grécia, Printezis foi novamente o destaque, com 15 pontos. Ele foi o cestinha da competição, com média de 15,7 pontos por jogo. O armador Vassilis Spanoulis começou a partida mal, mas mostrou sua qualidade no segundo tempo e terminou com 11 pontos. Mesmo número do ala Kostas Papanikolaou, que viveu noite especial ao ser escolhido pelo New York Knicks no Draft da NBA.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.