Árbitro da NBA é condenado a 15 meses de prisão

Tim Donaghy recebe a sentença após confessar que aceitava subornos em troca de informações prvilegiadas

Agencia Estado

29 de julho de 2008 | 14h30

O ex-árbitro da NBA, Tim Donaghy, foi condenado nesta terça-feira a 15 meses de prisão por protagonizar um escândalo de apostas na liga norte-americana de basquete, que levantou suspeitas sobre a integridade da arbitragem.Donaghy, de 41 anos, declarou-se culpado, em agosto do ano passado, por aceitar subornos de um apostador profissional em troca de informações privilegiadas de partidas da NBA. O ex-árbitro também afirmou que não era o único árbitro corrupto da liga, mas as acusações foram negadas por David Stern, comissário da NBA.Beneficiado por ter cooperado com as autoridades, Donaghy conseguiu se livrar da pena máxima de 33 meses, mas terá que restituir a liga norte-americana de basquete em mais de US$ 200 mil (cerca de R$ 315 mil) pelo escândalo.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBAcorrupção

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.