Arenas é suspenso por tempo indeterminado da NBA

O armador Gilbert Arenas, do Washington Wizards, foi suspenso por tempo indeterminado pela comissão da NBA nesta quarta-feira. A punição se refere ao incidente com Javaris Crittenton no dia 23 de dezembro. Na ocasião, o jogador sacou uma arma no vestiário para ameaçar o companheiro de equipe, após a vitória sobre o Milwaukee Bucks.

AE, Agencia Estado

06 de janeiro de 2010 | 21h57

A confusão começou quando Crittenton cobrou de Arenas o pagamento de uma aposta. O armador ficou nervoso e sacou uma arma que estava guardada em seu armário. Por causa da atitude, o jogador está sob investigação das autoridades local e federal.

O comissário da NBA, David Stern, explicou que o atleta ainda não recebeu uma pena definitiva, mas a punição será severa. "Ao final das investigações é provável que o atleta receba uma punição ainda pior", avisou. "Ele não terá remuneração até lá, em efeito imediato, até que termine a investigação da NBA", complementou.

Por causa da punição, Arenas deixará de ganhar cerca de US$ 147 mil (R$ 253 mil) por jogo. O armador deveria receber US$ 16,2 milhões (quase R$ 28 milhões) de salário nesta temporada. No total, o jogador tem um contrato de US$ 111 milhões por um acordo de seis anos com a equipe de Washington.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBAGilbert Arenassuspensão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.