Armador Chris Paul anuncia que não virá ao Rio para a Olimpíada

Um dos melhores armadores dos últimos tempos da NBA, Chris Paul não virá ao Brasil para a disputa dos Jogos Olímpicos. Um dos 30 pré-convocados para representar os Estados Unidos no Rio, o jogador do Los Angeles Clippers anunciou que não aceitará o chamado para poder descansar.

Estadão Conteúdo

29 de março de 2016 | 14h58

Chris Paul esteve nas últimas duas edições da Olimpíada, nas campanhas das medalhas de ouro dos Estados Unidos em 2008, em Pequim, e 2012, em Londres. Até por isso, desistiu de participar de mais uma edição dos Jogos. "Eu sinto que meu corpo está me falando que poderia usar melhor este tempo", explicou em entrevista à revista Sports Illustrated.

Aos 30 anos, Chris Paul segue como um dos principais armadores da NBA. Ele está com médias de 19,8 pontos e 9,9 assistências por partida na temporada 2015/2016 e é o principal responsável pela boa campanha do Los Angeles Clippers, quarto colocado da Conferência Oeste e já classificado para os playoffs.

Em vários dos últimos anos de sua carreira, Chris Paul abdicou das férias para defender as cores dos Estados Unidos. Em um desses casos, quase perdeu o nascimento de sua filha, Camryn, pouco após a Olimpíada de Londres. Foi também pouco depois dos Jogos de Pequim que sua esposa, Jada, ficou grávida de seu primeiro filho, Chris Junior.

A família, aliás, é o principal motivo alegados pelo armador para ter desistido de vir ao Rio. "Há alguns dias, o pequeno Chris me perguntou: ''Papai, você vai jogar a Olimpíada de novo?''. Parte de mim queria dizer ''sim'', porque ele nunca foi parte disso. Mas eu lhe disse: ''Eu quero passar mais tempo com você''."

Veterano de 11 temporadas na NBA, Chris Paul se transformou no segundo desfalque confirmado dos Estados Unidos para a Olimpíada, depois de Anthony Davis, que passou por cirurgia no joelho esquerdo e já está vetado. O técnico Mike Krzyzewski ainda conta com uma lista de 28 pré-convocados, da qual 12 serão escolhidos para virem ao Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.