Armadora Adrianinha volta ao basquete brasileiro

Enquanto vive um momento de renovação do seu basquete feminino, o Brasil vê algumas de suas melhores jogadoras voltarem ao País para jogarem na Liga de Basquete Feminino (LBF). Nesta quarta-feira foi a vez de o Sport Recife anunciar a contratação de Adrianinha, de 33 anos, ainda a principal armadora do basquete brasileiro.

AE, Agência Estado

20 de junho de 2012 | 20h46

Adrianinha, porém, não esteve presente no evento de lançamento do novo time do Sport, uma vez que está com a seleção brasileira na Austrália, onde a equipe do técnico Luiz Cláudio Tarallo fará, a partir de domingo, três amistosos contra as donas da casa. Ambos os times se preparam para a Olimpíada de Londres.

A jogadora, única armadora da delegação que viajou à Austrália, estava no Parma, da Itália. Além dela, outra estrela da equipe do Sport é a veteraníssima Alessandra, de 38 anos, que estava no time de São José dos Campos.

"Fico feliz em voltar, pois são 11 anos fora do Brasil. É um orgulho. Vou jogar no time de maior torcida do Nordeste, e tenho certeza que ela será a nossa sexta jogadora em quadra", disse a armadora em vídeo exibido no lançamento do time.

Das jogadoras que se treinam visando à Olimpíada, agora apenas três jogam fora do País: Franciele, na Espanha, e Érika e Damiris, dois principais nomes do basquete brasileiro feminino, que estão na WNBA, nos Estados Unidos. Iziane, outra estrela, montou um time em São Luis, no Maranhão, sua terra natal.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteSportLBF

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.