Twitter / FIBA
Twitter / FIBA

Atuais campeões, EUA enfrentarão China na 1ª fase do Mundial Feminino de Basquete

Torneio será realizado em setembro e não terá o Brasil, que não conseguiu a classificação

Estadão Conteúdo

06 de fevereiro de 2018 | 12h22

A Federação Internacional de Basquete (Fiba, na sigla em inglês) sorteou nesta terça-feira os grupos do Mundial Feminino de Basquete, que será disputado em Tenerife, na Espanha. Atual campeã do torneio, olímpica e líder do ranking, a seleção norte-americana é a cabeça de chave do Grupo D, e enfrentará Letônia, Senegal e China na primeira fase.

+ Pistons supera Blazers, vence a quarta consecutiva e segue invicto com Griffin

+ Com Leandrinho e Varejão, seleção é convocada para jogos das Eliminatórias

Os Estados Unidos, por serem os atuais campeões olímpicos, e a Espanha, por ser o país-sede do torneio, não disputaram as eliminatórias e garantiram vaga diretamente. Diante da sua torcida, a seleção espanhola, vice-campeã na última edição do Mundial, atual campeã europeia e segunda colocada do ranking da Fiba, encabeça o Grupo C, que ainda tem Japão, Bélgica e Porto Rico, que ganhou a vaga ao eliminar o Brasil na Copa América do ano passado e disputará o torneio pela primeira vez em sua história.

Na terceira posição do ranking, a França é cabeça de chave do Grupo A, ao lado de Coreia do Sul, Grécia e Canadá. No Grupo B, a Austrália, quarta do ranking e medalha de bronze no último Mundial, terá como adversários a Turquia, que perdeu a disputa do terceiro lugar para a própria Austrália em 2014, além de Argentina e Nigéria.

O torneio que reúne as 16 melhores seleções do mundo tem início do dia 22 de setembro e os primeiro colocados de cada grupo se classificam automaticamente para as quartas de final. Os segundos e terceiro colocados de cada grupo terão de se enfrentar em uma espécie de repescagem para poder avançar às quartas.

BRASIL FORA

Como perdeu a disputa do terceiro lugar para Porto Rico na Copa América do ano passado, realizada em Buenos Aires, na Argentina, a seleção brasileira ficou fora da disputa do mundial neste ano. Será apenas a segunda vez que o Brasil, campeão em 1994, não participará do torneio - a primeira foi na edição de 1959, realizada na antiga União Soviética.

Tudo o que sabemos sobre:
basquete

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.