John G. Mabanglo/EFE
John G. Mabanglo/EFE

Atual campeão da NBA, Warriors bate Pelicans com show de Curry

Na estreia, equipe de Oakland mostra que chega forte de novo

Estadão Conteúdo

28 de outubro de 2015 | 09h09

O Jogador Mais Valioso (MVP, na sigla em inglês) da temporada 2014/2015 da NBA mostrou logo na abertura do campeonato do que é capaz. Na noite de terça-feira, o Golden State Warriors contou com 40 pontos do astro para superar o New Orleans Pelicans por 111 a 95, em Oakland, começando muito bem a defesa do seu título.

Curry teve um início impressionante de partida, tendo acertado sete dos seus nove primeiros arremessos de quadra, incluindo quatro de três. Assim, terminou o primeiro quarto com 24 pontos. Ao longo do jogo, diminuiu o ritmo, mas ainda assim deixou a quadra com 40 pontos, feito alcançado pela décima vez na sua carreira.

O MVP do último campeonato acertou 14 de 26 disparos de quadra, distribuiu sete assistências e conquistou seis rebotes no reencontro do Warriors com o seu adversário na primeira rodada dos playoffs na temporada passada, em que "varreu" o Pelicans.

Reserva, Leandrinho Barbosa ficou em quadra por 20 minutos. Nesse tempo, o brasileiro não anotou sequer um ponto, mas obteve seis rebotes e deu duas assistências pelo Warriors, que foi dirigido por Luke Walton, pois Steve Kerr ainda se recupera de uma cirurgia nas costas. E, antes do jogo, os jogadores do time de Oakland receberam os anéis relativos ao título da última temporada da NBA. Anthony Davis foi o destaque do Pelicans na partida ao marcar 18 pontos.

Também na noite de terça-feira, em partida acompanhada por Barack Obama no United Center, o Chicago Bulls deixou o presidente dos Estados Unidos satisfeito ao superar o Cleveland Cavaliers por 97 a 95, com uma boa atuação defensiva, que incluiu um bloqueio de Pau Gasol sobre LeBron James nos instantes finais do duelo, impedindo que os atuais vice-campeões da NBA empatassem a partida.

Nikola Mirotic anotou 19 pontos e Derrick Rose somou 18 para o Bulls, agora sob o comando do técnico Fred Hoiberg. LeBron acumulou 25 pontos e dez rebotes pelo Cavaliers, enquanto Mo Williams, substituto do lesionado Kyrie Irving, fez 19 pontos e deu sete assistências. Já Kevin Love concluiu o duelo com 18 pontos e oito rebotes.

O brasileiro Anderson Varejão voltou a disputar um jogo da NBA após quase um ano fora da liga por causa de uma lesão no tendão de Aquiles e somou dois pontos e dois rebotes nos 11 minutos em que jogou pelo Cavaliers.

Também pela rodada de terça-feira, o Detroit Pistons superou o Atlanta Hawks, fora de casa, por 106 a 94, numa partida em que todos os seus titulares anotaram ao menos dez pontos - Kentavious Caldwell-Pope foi o destaque ao marcar 21. O Pistons, inclusive, chegou a ter uma vantagem de 19 pontos.

Melhor time da Conferência Leste na última temporada regular, o Hawks acabou sendo batido na sua estreia por um time que teve 28 vitórias a menos na campanha passada, mas que na noite de terça dominou o garrafão, conseguindo 19 rebotes a mais - 59 a 40.

Andre Drummond obteve exatamente 19 rebotes e ainda marcou 18 pontos, enquanto Marcus Morris somou 18 pontos e dez rebotes pelo Pistons. Dennis Schroder marcou 20 pontos pelo Hawks, enquanto o brasileiro Tiago Splitter, agora jogador do time de Atlanta, acumulou quatro pontos e quatro rebotes nos 16 minutos em que atuou.

CONFIRA OS JOGOS DE QUARTA-FEIRA

Orlando Magic x Washington Wizards

Boston Celtics x Philadelphia 76ers

Brooklyn Nets x Chicago Bulls

Detroit Pistons x Utah Jazz

Miami Heat x Charlotte Bobcats

Toronto Raptors x Indiana Pacers

Houston Rockets x Denver Nuggets

Memphis Grizzlies x Cleveland Cavaliers

Milwaukee Bucks x New York Knicks

Oklahoma City Thunder x San Antonio Spurs

Phoenix Suns x Dalas Mavericks

Portland Trail Blazers x New Orleans Pelicans

Sacramento Kings x Los Angeles Clippers

Los Angeles Lakers x Minnesota Timberwolves

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.