Jeenah Moon/AFP
Jeenah Moon/AFP

Band renova acordo de transmissão da NBA e exibirá temporada 2020-21 a partir do dia 27

Acordo prevê a exibição de duas partidas por semana, geralmente às quintas-feiras e domingos

Redação, O Estado de S.Paulo

16 de dezembro de 2020 | 12h25

A Band renovou o contrato de transmissão da NBA e transmitirá a temporada 2020-21 da liga de basquete norte-americana a partir do dia 27 de dezembro. O acordo prevê a exibição de duas partidas por semana, geralmente às quintas-feiras e domingos. Ao todo, 50 jogos serão televisionados. 

Ao todo, mais de 50 partidas serão televisionadas, incluindo os playoffs, a série decisiva de conferência e as finais da temporada. Além do direito de transmissão, a Band poderá utilizar um material produzido pela própria NBA em seus programas esportivos e telejornais. 

“Ter uma parceria de longo prazo como a Band, com a força e o alcance da TV aberta, é fundamental para a popularização do esporte e muito importante para que os brasileiros estejam cada vez mais próximos da NBA. Temos uma longa história com a Band, uma parceria que começou há muitos anos, no fim da década de 80, e que foi retomada recentemente com enorme sucesso”, ressalta o head da NBA no Brasil, Rodrigo Vicentini.

A Band foi a primeira emissora do Brasil a transmitir partidas da liga de basquete americana, 1987. “NBA na Band é tradição. Vamos com tudo para mais uma temporada com o melhor basquete do mundo. Temos certeza que a audiência Band vai curtir e para este novo ciclo teremos mais jogos e muito mais conteúdo dentro dos nossos programas, dentro do Show do Esporte. Se os times da Liga são fortes, podemos dizer que o nosso também será. Estamos ansiosos pelo começo dos jogos”, afirma o diretor de Esportes da emissora, Denis Gavazzi. 

A temporada 2020-21 da NBA terá início no dia 22 de dezembro. No domingo, 27, às 22h, a Band exibe o jogo entre Golden State Warriors e Chicago Bulls. Na última edição do torneio, o Los Angeles Lakers, de LeBron James, foram os campeões. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.