Barbosa tenta diminuir erros da seleção

Evitar que os erros "inocentes", cometidos durante a campanha da medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de São Domingos, voltem a ocorrer é o principal objetivo do técnico da seleção brasileira feminina de basquete, Antonio Carlos Barbosa. O treinador não escondeu sua decepção com o desempenho da equipe na competição continental e enfatizou que o Brasil tem condições de se apresentar melhor, principalmente no Torneio Pré-Olímpico do México, entre os dias 17 e 21 de setembro."Não gostei do modo como o time jogou. E isso me deixou preocupado", disse Barbosa, lembrando que somente o campeão do Pré-Olímpico ficará com a vaga para os Jogos de Atenas. Na competição mexicana serão sete países (Brasil, Argentina, Venezuela, Cuba, República Dominicana, Porto Rico e Canadá) na disputa pelo único lugar.A preocupação de Barbosa se resume ao fato de que as jogadoras ainda não estão com o controle emocional necessário, o que provocou uma série de erros primários no Pan. "De certa maneira compreensíveis", afirmou.O treinador iniciou nesta segunda-feira, no Rio, os treinamentos para a excursão que a seleção realizará à Europa, antes do Pré-Olímpico. O embarque será na sexta-feira e, no total, o Brasil disputará oito jogos, sendo cinco contra a Rússia, em Moscou, e três contra a Espanha, em Madri.Por enquanto, 12 atletas estão à disposição de Barbosa, que ainda receberá o reforço da armadora Helen, do Washington Mystics, da WNBA, durante o confronto contra as espanholas. Já a ala Janeth, do Houston Comets, também da WNBA, só se apresentará no retorno da delegação ao Brasil, no dia 8 de setembro.Com a chegada de Helen e Janeth, Barbosa será obrigado a realizar dois cortes no elenco. Mas o treinador prefere, por enquanto, não pensar no problema.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.