Basquete: Brasil perde dos EUA sub-21

Após vencer a seleção sub 21 do Canadá por 78 a 41, domingo, em Ribeirão Preto, a seleção feminina de basquete perdeu para a seleção dos Estados Unidos sub-21 por 66 a 57, no ginásio do Centro Cívico, em Americana. Os amistosos serviram de preparação para o Mundial da China, que acontece em setembro. Mesmo sem suas principais estrelas, que estão na WNBA, o time do técnico Antônio Carlos Barbosa começou bem, equilibrando o jogo com as americanas. Mas no segundo período, os EUA apertaram a marcação e forçaram os erros de finalização das brasileiras. Em 12 minutos, o Brasil só foi capaz de marcar seis pontos e as americanas terminaram vencendo por 38 a 25. A diferença aberta na primeira metade da partida foi fundamental para a vitória americana. No segundo tempo, o Brasil voltou a jogar melhor, mas não conseguiu superar as americanas, perdendo por nove pontos de diferença. Ser derrotado por uma seleção sub -21 não é nenhum demérito, segundo o técnico Antônio Carlos Barbosa. "O time americano é muito forte. Não podemos considerar uma seleção sub-20 como uma categoria menor. São mulheres adultas", explicou o treinador, que considera a equipe americana favorita à Copa América da categoria. Para Barbosa, o jogo foi muito importante para iniciar a observação das jovens jogadoras brasileiras para formar o time que vai ao Mundial. "Começamos a treinar na quarta-feira e então acho que fomos bem. Deste grupo devo tirar de seis a oito jogadoras, que se juntarão às que virão da WNBA." Na preliminar, a seleção brasileira sub-21, que se prepara para a Copa América, competição classificatória para o Mundial da Croácia, venceu o sub-21 do Canadá por 57 a 47. A cestinha da partida foi a ala Flávia, com 19 pontos. No domingo, em Ribeirão Preto, a equipe sub-21 do Brasil havia sido derrotada pela seleção americana por 89 a 56.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.