Basquete do Brasil vence na Austrália

As agências internacionais classificaram o resultado do Brasil como uma surpresa. Na verdade, a vitória da seleção brasileira masculina de basquete sobre a seleção da casa, a Austrália, hoje, na estréia no Goodwill Games, pode mesmo ser considerada uma boa surpresa. O time do técnico Hélio Rubens Garcia derrotou os australianos por 70 a 66 (31 a 33) em Brisbane (Austrália). Demétrius, Helinho e Sandro Varejão foram os cestinhas do Brasil, com 12 pontos. O cestinha da partida foi o australiano Melmeth, com 15 pontos. A Nova Zelândia, amanhã, às 6 horas (de Brasília) e o Canadá, na quarta-feira, serão os próximos rivais do Brasil na competição. O Brasil jogou com Cambraia (8 pontos), Manteiguinha (10), Sandro (12), Demétrius (12), Helinho (12), Estevam (0), Nenê (10) e Anderson (6) - apenas Paulão, entre os 9 jogadores que viajaram não entrou em quadra. Depois de obter vaga ao Mundial de Indianápolis, em 2002, com um time totalmente renovado - ainda ganhando experiência - e o vice-campeonato na Copa América, por causa de contusões e pedidos pessoais de dispensa, o Brasil não conseguiu reunir os 12 jogadores que precisava para disputar o Goodwill Games. No outro jogo do Grupo B, a Nova Zelândia derrotou o Canadá por 89 a 64. Os Estados Unidos não precisaram fazer nenhum esforço para vencer na estréia. Com um time formado por profissionais que ainda estão fazendo seus nomes na NBA derrotaram o México por 132 a 58. No mesmo Grupo A, a Argentina obteve uma vitória sobre Cuba por 105 a 75.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.