Basquete joga no Uruguai pensando no Pan

Ir à final da 40.ª edição do Campeonato Sul-Americano Masculino de Basquete, provavelmente contra a Argentina, e deixar a cidade uruguaia de Montevidéu com uma das três vagas em disputa para o Pan-Americano, é o objetivo do técnico do Brasil, Aluísio Ferreira, o Lula. O treinador acha que um time que deseja conquistar a vaga para a Olimpíada de Atenas, em 2004, no Pré-Olímpico de Porto Rico, não pode ficar fora da disputa do título sul-americano e muito menos ausente do Pan. O Brasil estréia no campeonato amanhã, às 18h30, contra o Paraguai, no ginásio El Cilindro (com SporTV), com Valtinho, Marcelinho, Guilherme, Tiago Splitter e Tiagão escalados na equipe base. Argentina x Chile e Uruguai x Venezuela completam a rodada de amanhã. Ainda na fase de classificação, o Brasil joga com Argentina (quarta-feira), Uruguai (quinta), Chile (sexta) e Venezuela (sábado). Os dois primeiros disputam o títulos. Os três melhores garantem vagas no Pan-Americano de São Domingos e os quatro primeiros no Torneio Pré-Olímpico de Porto Rico, ambos em agosto. "Nosso objetivo é a vaga olímpica, mas viemos para o Sul-Americano para conquistar o título. A campanha será fundamental para o time ganhar ritmo e chegar bem no Pan e Pré-Olímpico", disse o armador Marcelino que, juntamente com Demétrius, são os únicos que foram ao Pan de 1999, quando o Brasil foi o campeão. Demétrius acha importante pensar em um adversário por vez e não subestimar nenhum deles, mesmo que seja o fraco Paraguai - em 27 conforntos na história das equipes o Brasil venceu 25.

Agencia Estado,

21 de julho de 2003 | 18h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.