Basquete: Lula é revelador de talentos

O técnico Aloísio Ferreira, o Lula, do COC/Ribeirão Preto, comemorou o segundo lugar no Campeonato Nacional Masculino de Basquete. Pode parecer estranho uma festa pelo vice-campeonato, mas Lula tinha motivos. Sem nenhum estrangeiro ou jogador da seleção brasileira no início da temporada, mas principalmente trabalhando com uma filosofia de formar jovens talentos, chegou bem longe entre as 16 equipes que disputaram o título. Foi à decisão com os "moleques" e revelou os alas Renato, de 23 anos, e Alex, de 21, e o pivô Tiagão, de 20, para a seleção. "Tive paciência, mas acreditava nesses meninos."Lula observou que, aliado à qualidade técnica, trabalhou muito a partir de um perfil psicológico traçado por Regina Brandão - agora a serviço da seleção brasileira de futebol, do técnico Felipão -, dando respaldo para que os jovens adquirissem a autoconfiança necessária para a vitória. "Eu disse ao Renato que um dia ele seria convocado para a seleção brasileira e dei a ele a estrela de xerife", afirmou Lula, destacando que isso foi há apenas um ano. "Dei a ele a titularidade em uma posição que poderia ser ocupada por um jogador norte-americano."Renato, um mineiro de 2,03 metros, que teve formação como jogador em Franca e em Ribeirão Preto, já renovou contrato com o COC - o clube também assinou com Alex e negocia com Tiagão.Lula, que dirigia a seleção juvenil, será agora um dos assistentes-técnicos de Hélio Rubens, ao lado de Ênio Vecchi e Nilo Guimarães na seleção principal e acha que o trabalho de formação é compensador.Frisou o acerto na escolha da filosofia de revelar jovens talentos, aceita pelo COC como linha de trabalho. O Nacional revelou vários jovens talentos de outros times, mas muitos clubes colocaram os garotos como titulares por falta de opção, levados por orçamentos reduzidos ou a ausência de estrangeiros, como os do Vasco (Charles Byrd e Vargas) que foram embora por causa do calote. "Investimos por filosofia e o resultado premiou o trabalho desses meninos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.