Basquete: seleção viaja desfalcada

Sem algumas de suas principais jogadoras, como Janeth e Iziane, que dedicaram a temporada a WNBA, a liga norte-americana, a Seleção Brasileira Feminina de Basquete seguiu nesta segunda-feira para Santo Domingo, onde disputará a 5ª Copa América, o Pré-Mundial da República Dominicana. O torneio classificará as três primeiras seleções para o Mundial do Brasil, em 2006. Embora tenha o objetivo de ganhar a Copa América, a seleção brasileira não precisa de vaga por ser o País-sede do Mundial. O torneio seria na arena olímpica do Pan-Americano do Rio, mas com o atraso das obras já foi transferido de local ? os jogos serão no Maracanãzinho, no Rio, e no Ibirapuera, em São Paulo.As argentinas, quarta-feira (às 20 horas, pelo horário de Brasília) serão as adversárias do Brasil na estréia do torneio (com SporTV2 e ESPN Brasil). O Brasil ainda jogará com Porto Rico (quinta-feira), Canadá (sexta-feira), República Dominicana (sábado) e Cuba (domingo).A gigante pivô Ísis, de 2,02 m e 22 anos, de Ourinhos, que trocou o vôlei pelo basquete, e a ala Tayara, de 23 anos, de Ribeirão Preto, são duas das estreantes no renovado grupo, apostas do técnico Antônio Carlos Barbosa. Jogadoras ainda desconhecidas do público, elas buscam espaço no grupo.Ísis se considera uma ?aprendiz?. ?Sinto uma mistura de emoção, ansiedade, euforia e um friozinho nesta minha primeira competição oficial pelo Brasil, ainda mais estreando numa Copa América.? Embora essa seja sua primeira competição oficial, Ísis já viajou com o grupo este ano para amistosos na Grécia. ?Procuro aproveitar todos os momentos para ganhar mais experiência. Acho que estou evoluindo e quero treinar muito para ser titular.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.