Bauru vence 1ª de Araraquara: 87 a 72

Tilibra/Copimax, de Bauru, pode conquistar o título inédito do Campeonato Nacional de Basquete Masculino em seu ginásio. Isso porque o Bauru, do técnico Jorge Guerra, o Guerrinha, saiu na frente na série final, melhor-de-cinco partidas. Superou a Uniara/Fundesport, de Araraquara, por 87 a 72 (34 a 34), neste domingo, no Ginásio Gigantão, em Araraquara. Os próximos dois confrontos (quarta e sexta-feira) serão em Bauru, no Ginásio Panela de Pressão. Se necessário, a quarta e quinta partidas serão domingo (Araraquara) e dia 18 (Bauru). Em casa, o Bauru tem aproveitamento de 95,2%: venceu 20 jogos e perdeu apenas um. E Araraquara tem 52% de eficiência em confrontos fora de seu ginásio (são 10 vitórias e 9 derrotas).?Esses 14 pontos não refletem o que foi o jogo. Não tivemos sucesso somente no último período?, disse o ala Márcio. O jogo foi equilibrado durante os três primeiros quartos: 20 a 14, 34 a 34 e 57 a 58. Somente na última etapa, o Bauru teve diferença de 14 pontos. Marcou 29 contra 15. O cestinha foi Arnaldinho, de Araraquara, que marcou 24 pontos. Vanderlei, de Bauru, somou 19. ?Os contra-ataques de Bauru foram mortais. Eles exploraram a nossa deficiência e ansiedade. Queríamos decidir o jogo em uma bola?, analisou o treinador de Araraquara, João Marcelo Leite.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.