Bicampeão olímpico ajuda na preparação do basquete

A seleção brasileira feminina de basquete luta para voltar a conquistar uma medalha em Jogos Olímpicos. A última vez foi em Sidney, em 2000, quando, ainda liderada por Janeth, conseguiu o bronze. Para voltar a figurar entre as grande potências do mundo em Londres, a equipe do técnico Luiz Cláudio Tarallo convocou um bicampeão olímpico para ajudar na preparação: o técnico de vôlei Giovane Gávio, ouro em Barcelona-1992 e Atenas-2004 ainda como jogador.

AE, Agência Estado

14 de junho de 2012 | 13h11

Um dos maiores vencedores da história do vôlei brasileiro, Giovane apresentou uma palestra ao grupo da seleção de basquete na noite da última quarta-feira. Com a autoridade de quem já venceu uma Copa do Mundo, uma Copa dos Campeões e quatro Ligas Mundiais, o treinador deu dicas às atletas.

"O Giovane falou sobre sua história desde quando começou a jogar até servir a seleção. Comentou, por exemplo, que possuía as características físicas de um atleta desde jovem, mas que todas as conquistas de sua vida só vieram por conta de sua perseverança e batalha. Foi muito emocionante, e no final ainda cantamos o hino nacional. Foi inesquecível", comentou a pivô Nádia.

A seleção feminina de basquete segue fazendo sua preparação para a Olimpíada em Jundiaí, interior de São Paulo. A equipe estreia nos Jogos de Londres no dia 28 de julho, contra um adversário que sairá do Pré-Olímpico Mundial.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteBrasilGiovane Gávio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.