Boston vence e diminui vantagem do Miami na NBA

O Boston Celtics reagiu nas semifinais da Conferência Leste da NBA e conseguiu a sua primeira vitória. Na noite de sábado, a equipe derrotou o Miami Heat por 91 a 87, em casa. Assim, diminuiu a vantagem do adversário na série para 2 a 1. As duas equipes voltam a se enfrentar na segunda-feira, em Boston.

AE, Agência Estado

08 de maio de 2011 | 09h57

No triunfo, o Celtics contou com excelente desempenho do pivô Kevin Garnett, que conseguiu um "double-double", com 28 pontos e 18 rebotes, e de Paul Pierce, que anotou 27. Já Rajon Rondo deslocou o ombro esquerdo durante o terceiro quarto. Mesmo assim, atuou, contundido, durante parte do quarto decisivo e terminou o duelo com 11 assistências e seis pontos.

Os astros do Miami tiveram atuação apagada. LeBron James anotou 23 pontos, Dwyane Wade marcou 15 e Chris Bosh fez apenas seis. O reserva Joel Anthony conseguiu um "double-double" com 12 pontos e 11 rebotes.

Pelas semifinais da Conferência Oeste da NBA, o Memphis Grizzlies desempatou a série com o Oklahoma City Thunder e fez 2 a 1 ao derrotá-lo, em casa, por 101 a 93 em duelo definido apenas na prorrogação. Para isso, precisou de uma reação no quarto final, já que precisou reverter uma vantagem de 13 pontos do Thunder (76 a 63) para forçar a realização do tempo extra.

Zach Randolph liderou o Grizzlies no duelo e conseguiu um "double-double" com 21 pontos e 21 rebotes. Já O.J. Mayo anotou 18 pontos. Russel Westbrook, com 23 pontos e 12 assistências, e Kevin Durant, com 22 pontos e 12 rebotes, foram os destaques do Thunder. As equipes voltam a se enfrentar na segunda-feira, novamente em Memphis.

Os playoffs da NBA prosseguem neste domingo com a realização de duas partidas. O Dallas Mavericks recebe o Los Angeles Lakers e avança para a final da Conferência Oeste em caso de vitória, já que lidera a série por 3 a 0. Pelas semifinais da Conferência Leste, o Atlanta Hawks encara o Chicago Bulls, que tem vantagem de 2 a 1, em casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.