Petr David Josek/AP
Petr David Josek/AP

Brasil aponta erros, mas crê em vitória sobre as checas

'Precisamos estar mais concentradas. Somos capaz de enfrentar qualquer time no Mundial', disse Helen Luz

AE, Agência Estado

28 de setembro de 2010 | 14h16

Com a vitória desta terça-feira sobre o Japão, por 93 a 91, a seleção brasileira feminina de basquete volta à quadra nesta quarta-feira, para enfrentar a anfitriã República Checa, em jogo que começa às 13 horas (horário de Brasília). E o Brasil precisa da vitória sobre as donas da casa para confirmar a sua classificação para as quartas de final do Mundial.

Veja também:

linkBrasil vence na prorrogação e mantém vivo sonho de avançar às quartas

"Vamos comemorar hoje e amanhã pensamos na República Checa. São as donas da casa e estão bem na competição. Precisaremos jogar muito bem", declarou a ala Iziane. "Amanhã é outro jogo. Precisamos começar melhor do que hoje para continuar vencendo", afirmou a pivô Érika, destaque da vitória sobre as japonesas, com 32 pontos e 18 rebotes.

Para avançar à próxima fase da competição, as brasileiras precisam vencer as checas e ainda torcer para uma combinação de resultados. As jogadoras do Brasil, no entanto, preferem não pensar nas partidas de outras equipes, pois garantem estar concentradas em corrigir os erros cometidos por elas durante a disputa do Mundial na República Checa.

"Hoje não foi nosso melhor jogo. Precisamos estar mais concentradas. Somos capaz de enfrentar qualquer time no Mundial", disse a armadora Helen Luz, após a vitória sobre o Japão. "Amanhã voltamos mais confiantes, alegres, seguras e leves", completou Sílvia Gustavo, heroína do Brasil nesta terça-feira, por ter feito cesta de três pontos que levou o jogo para a prorrogação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.