Brasil começa a pensar no Panamá

A Seleção Brasileira Masculina de Basquete tropeçou nesta quinta-feira na segunda rodada da Copa América contra os Estados Unidos, em São Domingos, na República Dominicana. Foi derrotada por 96 a 94, quando já estava com a partida praticamente ganha. Nesta sexta-feira, o Brasil volta à quadra, às 15h, para enfrentar o Panamá, com SporTV e ESPN Brasil ao vivo. E não terá o ala/pivô Anderson Varejão, que luxou o ombro e está fora do torneio. O armador Leandrinho mais uma vez comandou a equipe e foi o destaque, com 37 pontos. No último quarto, a seis segundos do apito final, ele fez o impossível quando o Brasil perdia de 93 a 91. Do meio da quadra conseguiu furar a defesa norte-americana, marcou dois pontos e ainda sofreu falta. Virou o jogo: 94 a 93. Mas no contra-ataque adversário, o armador Nezinho cometeu falta a pouco mais de um segundo e o Brasil teve de assistir aos três lances livres convertidos. Varejão voltou a sentir a pancada que levou no tornozelo esquerdo na partida de abertura contra a Venezuela. Na ocasião, foi poupado para voltar bem ao jogo contra os Estados Unidos. Atuou até o terceiro quarto quando pediu para sair. Retornou no último período, mas logo no início deslocou o ombro direito numa pancada sofrida no garrafão adversário. Saiu de quadra segurando o o ombro e foi para o departamento médico. O médico ortopedista Carlos Andreolli confirmou, depois da ressonância magnética que constatou a luxação, que Varejão não poderá mais jogar na Copa América. O jogo foi eqüilibrado e nos dois primeiros quartos os Estados Unidos abriram quatro pontos de vantagem. O Brasil só reagiu no terceiro, quando conseguiu virar o placar com boa atuação do ala/armador Alex, que converteu bolas de três pontos. O técnico Lula Ferreira mexeu pouco no time e, até a falta boba de Nezinho no fim do jogo, estava gostando do time em quadra. ?Até agora não aconteceu nada de anormal, o jogo está eqüilíbrado. Estamos trabalhando bem a bola.? O armador Marcelinho, que revezou o jogo com Alex, não aprovou o desempenho do time: ?Jogamos abaixo do que a gente pode.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.