Fiba
Fiba

Brasil domina Uruguai e ganha mais uma nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de basquete

Sob o comando de Rafa Mineiro, Rafa Luz e Marcelinho Huertas, seleção brasileira atropela rival em Montevidéu

Marcos Antomil, O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2022 | 22h06

A seleção brasileira masculina de basquete conquistou mais uma vitória nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2023, que será disputada no Japão, Indonésia e Filipinas. O Uruguai, adversário desta quinta-feira, não impôs muita resistência em uma partida que pouco valia para esta fase, dado que os dois países já estão classificados para a próxima etapa. Com amplo domínio, o Brasil triunfou com o placar de 73 a 60.

No primeiro quarto, o Brasil ditou o ritmo da partida e não se importou com a grande presença de público em Montevidéu. A vantagem foi tão boa que fez a seleção brasileira diminuir o ritmo nos períodos seguintes. A primeira parte terminou com o placar de 24 a 12. O Uruguai, do técnico Rubén Magnano, viu a necessidade de melhorar seu desempenho e sob o comando de Jayson Granger esboçou uma reação. Apesar de não ser suficiente para reverter o placar, os donos da casa mostraram que estavam dispostas a lutar a cada segundo pelo triunfo. O segundo quarto terminou com vitória uruguaia por 20 a 19.

No terceiro quarto, o Brasil voltou a abrir frente. Quem mais se destacou foi Marcelinho Huertas (12), que, no auge dos seus 39 anos, tomou a dianteira da seleção como cestinha do jogo ao lado de Rafa Mineiro (15) e Rafa Luz (13). A seleção venceu o período por 19 a 10 e consolidou uma vantagem suficiente para administrar a última parte e confrimar a vitória.

A seleção uruguaia chegou a empolgar o público, mas Granger não conseguiu carregar o time nas costas a ponto de ameaçar a vitória brasileira. No último quarto, Gustavinho rodou mais a equipe, dando oportunidades a Renan Lenz e Gui Deodato. Controlando o placar, o Brasil se deu ao luxo de sair derrotado no período derradeiro por 18 a 11, mas a grande vantagem mostrou uma equipe forte, capaz de suportar pressão e que sabe dosar energia ao longo de um duelo.

O Brasil já conhece seus adversários da próxima etapa das Eliminatórias. Ao lado do Uruguai, a equipe do técnico Gustavo Conti terá pela frente Estados Unidos, México e Porto Rico. A última vaga no hexagonal ficará para Colômbia ou Chile. Os três melhores avançam diretamente ao Mundial, enquanto o quarto colocado poderá ir à repescagem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.