Brasil e Rússia fazem 3º jogo do desafio

Brasil e Rússia fazem amanhã o terceiro dos quatro jogos do Desafio Feminino de Basquete, no Ginásio do Tijuca, às 18h. A equipe vencedora ficará em vantagem na série, já que a primeira partida foi vencida pelas russas, 71 a 68, e, a segunda, pelas brasileiras, 59 a 58. Até o momento, o principal benefício para a seleção tem sido a oportunidade de entrosar o time e corrigir erros táticos. O técnico Antônio Carlos Barbosa vem realizando experiências no time, que se prepara para a disputa dos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo, em agosto, e o Torneio Pré-Olímpico do México, em setembro. Uma das principais preocupações de Barbosa está reservada ao ataque da seleção, já que a defesa tem apresentado um bom desempenho nas partidas. Desde domingo, o técnico vem insistindo na melhora dos arremessos de dois e três pontos das atletas. "Além de buscar aprimorar ainda mais a nossa defesa, estamos treinando para corrigir alguns defeitos apresentados nas duas primeiras partidas, especialmente nas finalizações", disse Barbosa. O treinador vai repetir a escalação da equipe que derrotou as russas: Adrianinha, Silvinha, Micaela, Alessandra e Cíntia Tuiú. Para Cintia Tuiú, que participou da conquista do 19º título Sul-Americano para o Brasil, no final de junho, no Equador, os confrontos contra a Rússia têm sido uma ótima oportunidade para o aprimoramento da equipe. "Os jogos são de um nível superior, com jogadoras bastante altas e um basquete forte e cadenciado. Isso é ótimo para nos prepararmos para o Pan e Pré-Olímpico, especialmente a defesa", frisou a atleta, medalha de prata nas Olimpíadas de Atlanta (1996) e bronze, em de Sydney (2000). Brasil - Adrianinha, Silvinha, Micaela, Alessandra e Cíntia Tuiú. Técnico - Antônio Carlos Barbosa. Rússia - Anna, Julia, Ilona, Olga e Irina. Técnico - Vadim Kapranov. Juízes - Sérgio Pacheco (SP), Enaldo Batista (SC) e Serguey Bulanov (RUS). Horário - 18h. Local - Ginásio do Tijuca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.