Martin Mejia/AP
Martin Mejia/AP

Brasil mostra confiança para Copa América de Basquete

Ao lado de Marcelinho Huertas, o ala/armador Alex Garcia é um dos líderes da seleção brasileira

AE, Agência Estado

28 de agosto de 2013 | 16h46

CARACAS - A seleção brasileira masculina de basquete já está em Caracas, na Venezuela, onde irá disputar a Copa América, competição que dá quatro vagas no Mundial da Espanha, em 2014. A estreia do Brasil será nesta sexta-feira, diante de Porto Rico, e o clima no grupo do técnico Rubén Magnano é de confiança - ainda pela primeira fase, os adversários são Canadá, Uruguai e Jamaica.

"Estamos com uma equipe que mescla experiência e juventude, mas todos os jogadores estão totalmente adaptados ao esquema do técnico Magnano. Os dez amistosos que disputamos até aqui serviram para nossa avaliação e corrigir os detalhes para a Copa América. Não dá para apontar um favorito, já que as dez seleções têm o mesmo objetivo. Posso garantir que viemos para conseguir a vaga para a Copa do Mundo de 2014 e brigar pelo título", avisou o armador Marcelinho Huertas.

Ao lado de Marcelinho Huertas, o ala/armador Alex Garcia é um dos líderes da seleção brasileira. Bastante experiente, o jogador de 33 anos acredita que o Brasil pode superar os importantes desfalques - o grupo não conta, por exemplo, com Leandrinho, Nenê, Tiago Splitter e Anderson Varejão, que pediram dispensa - e fazer uma boa campanha na Copa América.

"Posso garantir que a cada treino estamos melhorando nossa comunicação para melhorar as jogadas ofensivas e fortalecer o sistema defensivo. Mesmo quando estamos no ônibus, nas refeições, estamos trocando informação para ver o que é melhor para a equipe. Isso é muito importante para o nosso entrosamento", contou Alex Garcia. "Nessa fase de preparação, aprendemos muito com as vitórias e com as derrotas. Estamos totalmente focados na Copa América e vamos buscar nossos objetivos."

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteCopa América

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.