Brasil tem três atletas na temporada da NBA

Leandrinho, do Phoenix Suns, Nenê, do Denver Nuggets, e Anderson Varejão, do Cavaliers, são os astros do País

Efe,

28 de outubro de 2008 | 09h56

O Brasil terá três jogadores na próxima temporada da NBA, que começa nesta próxima terça e registra um número recorde de 67 atletas estrangeiros vindos de 31 países, e inclui pela primeira vez um iraniano: o pivô Hamed Hadadi, do Memphis Grizzlies. Veja também:  Temporada da NBA começa e Lakers já são os favoritos O ala/armador Leandrinho, do Phoenix Suns; o pivô Nenê, do Denver Nuggets; e o ala Anderson Varejão, do Cleveland Cavaliers, serão mais uma vez peças-chave nos esquemas de suas equipes. Leandrinho, de grande importância para a grande campanha do Suns na última temporada regular, volta a ser fundamental para a equipe, mas terá que se adaptar à chegada de Terry Porter, o novo treinador, que prioriza a defesa - ao contrário do esquema ofensivo de seu antecessor Mike D'Antoni. Recuperado da operação para tratar de um câncer nos testículos, Nenê chega a sua sétima temporada na NBA conquistando a condição de pivô titular do Denver Nuggets e pode ter um desempenho consagrador se não tiver problemas de lesão. Já Anderson Varejão conta com o apoio da estrela LeBron James para se firmar como um jogador de grande importância na defesa do Cleveland Cavaliers. Além dos brasileiros, a NBA conta mais uma vez com grandes estrelas de todo o mundo. A França é o país estrangeiro com mais atletas na liga americana, com oito. O principal deles é Tony Parker, que cumpre mais uma temporada com o San Antonio Spurs. Da Espanha, são seis os jogadores, com destaque para Pau Gasol, do Los Angeles Lakers, e José Calderón, do Toronto Raptors. Já a Argentina conta com cinco, entre eles a dupla do San Antonio Spurs Manu Ginóbili - que, lesionado, só estréia em dezembro - e Fabrício Oberto, além de Luis Scola, do Houston Rockets. Da América Central vêm destaques como o dominicano Al Horford (Atlanta Hawks), além de Raja Bell (Phoenix Suns), das Ilhas Virgens - Tim Duncan, do Spurs, também é de lá, mas defende os Estados Unidos. Outros destaques são o canadense Steve Nash, companheiro de Leandrinho no Phoenix Suns, e o pivô gigante chinês Yao Ming, do Houston Rockets. A próxima temporada contará ainda com a presença do primeiro jogador iraniano da história do campeonato, o pivô Hamed Hadadi. Ele foi escolhido na primeira rodada do draft pelo Memphis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.