Brasil vence em estreia pela Copa América de basquete

Com uma boa atuação de Alex Garcia, a seleção brasileira masculina de basquete venceu a República Dominicana por 81 a 68 nesta quarta-feira, em sua estreia pela Copa América. A competição, disputada na cidade porto-riquenha de San Juan, dá quatro vagas para o Mundial de 2010, na Turquia.

ALAN RAFAEL VILLAVERDE, Agencia Estado

26 de agosto de 2009 | 19h23

O ala/armador brasileiro, que terminou o jogo como cestinha ao lado de Leandrinho, com 21 pontos, foi decisivo para o Brasil no começo do último quarto, quando o time perdia por seis pontos. Com nove pontos seguidos, Alex liderou a virada, fazendo a República Dominicana se afobar em jogadas de corta-luz e, principalmente, em suas triangulações treinadas pelo técnico Julio Toro, ex-Porto Rico.

Apesar da vitória e da liderança provisória do Grupo B, a seleção brasileira mostrou novamente velhas falhas, com dificuldades de movimentação na marcação, facilitando a infiltração e os arremessos de três pontos dos dominicanos, que eram liderados pelo trio Charlie Villanueva, Al Horford e Francisco Garcia, todos jogadores da NBA. Além disso, o Brasil ainda teve péssimo aproveitamento nos lances livres, de 67%.

Em contrapartida, a equipe liderada pelo técnico espanhol Moncho Monsalve foi tranquila no último período, construindo o ótimo placar de 24 a 7 com bom toque de bola no ataque e jogadas eficientes no garrafão. Tiago Splitter e Anderson Varejão eram os responsáveis por abrir espaços para os arremessos livres do perímetro, realizados por Leandrinho e Marcelinho Machado.

Para iniciar o jogo, Moncho optou pela formação que vinha atuando nos jogos preparatórios, com Marcelinho Huertas, Alex, Leandrinho, Varejão e Splitter. No decorrer da partida, ainda utilizou bastante os alas Guilherme Giovannoni e Marcelinho Machado. O último, inclusive, foi o responsável por colocar o Brasil em vantagem por 38 a 36 na ida para o intervalo, no momento em que os dominicanos esboçavam uma reação.

Além dos cestinhas Alex e Leandrinho, a seleção teve como destaque Varejão e Splitter no garrafão. Ambos conquistaram double-doubles (dois dígitos em dois fundamentos) na partida, com dez rebotes cada. Varejão marcou dez pontos e Splitter foi ainda melhor, com 14 pontos. Pela República Dominicana, Francisco García, que atua pelo Sacramento Kings na NBA, foi o melhor, anotando 17 pontos.

O próximo confronto da seleção brasileira acontece nesta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), diante da Venezuela. Já a República Dominicana enfrenta o Panamá, às 14h30. Ainda pela fase de classificação, o Brasil encara a Argentina na sexta e o Panamá no domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.