Brasil volta a perder da Argentina no basquete masculino

Passam-se os anos, mas o algoz não muda. Luis Scola, sempre ele, foi o cestinha de mais uma vitória da Argentina sobre o Brasil, neste sábado, desta vez pela Copa Tuto Marchand de basquete, em San Juan (Porto Rico). O ala/pivô do Indiana Pacers, único atleta da NBA a atuar na partida, anotou 23 pontos no triunfo argentino por 90 a 70.

AE, Agência Estado

24 de agosto de 2013 | 21h25

Só em competições importantes, Scola já foi o destaque da Argentina em vitórias sobre o Brasil no Pré-Olímpico de 2007 (duas vezes), no Mundial de 2010, no Pré-Olímpico de 2011, e também na Olimpíada de Londres/2012.

Há duas semanas, havia sido Scola, de 35 anos, o cestinha de outra vitória da Argentina sobre o Brasil, na decisão do Super Four de Anápolis (GO). Na ocasião, os argentinos fizeram 85 a 80, com 26 pontos de Scola. Neste sábado, o ala/pivô teve duplo-duplo, uma vez que ainda pegou 11 rebotes. Com o jogo concentrado no garrafão, a Argentina ainda teve boa atuação de Campazzo, com 19 pontos.

Já o Brasil, que sempre ficou atrás no marcador, esteve irreconhecível. Marcelinho Hurtas, cérebro do time, só acertou um de sete arremessos e terminou o jogo com três pontos. Alex Garcia, titular, sequer pontuou. Raulzinho, porém, entrou bem e anotou 12 pontos, ficando como cestinha brasileiro ao lado de Arthur e Rafael Hettsheimer.

Na Copa Tuto Marchand, os cinco times jogam entre si. O Brasil estreou vencendo a República Dominicana por um ponto de diferença, quinta, folgou na sexta, e ainda enfrenta Porto Rico (domingo) e Canadá (segunda). As cinco equipes são favoritas a ficarem com as quatro vagas em jogo na Copa América/Pré-Mundial da Venezuela.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteCopa Tuto Marchand

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.