Brasileira é convidada para apitar jogos da Liga Japonesa

Há 20 anos no quadro internacional de árbitros, Fátima Aparecida da Silva tem novo desafio na carreira

05 de outubro de 2007 | 15h56

A árbitra brasileira, Fátima Aparecida da Silva, foi convidada pela Associação Japonesa de Basketball para apitar a fase semifinal juntamente com a sérvia Jasmina Tatic, nesta sexta-feira.  Ficha técnica Nome: Fátima Aparecida dos Santos Nascimento: 01/03/1967 Profissão: Professora Primeira competição oficial: Campeonato Paulista Mini Feminino (1987) Principais competições internacionais: Campeonato Sul-Americano de Clubes (Bolívia / 1987); Campeonato Mundial de Clubes Campeões (Londrina / 1997 e Santos / 1999); Copa América Adulta Feminina - Pré-mundial (Brasil / 2001); Campeonato Mundial Sub-21 Feminino (Croácia / 2003); Campeonato Mundial Interclubes (St.Petersburg / 2004), Campeonatos Sul-Americanos (diversas categorias e países), Campeonato Mundial Feminino (Brasil/2006) e Campeonato Mundial Sub-19 Feminino (Eslováquia/2007) Fátima, de 40 anos, faz parte do quadro internacional de arbitragem desde 1987, e acredita que terá uma grande experiência ao apitar jogos da Liga Japonesa. "Estou bastante animada e fiquei feliz pelo convite. É um país bem diferente e tenho certeza que vai ser uma experiência inesquecível, tanto no lado pessoal como profissional. Será um bom aprendizado", disse a brasileira, que comenta sobre as características do basquete asiático.  "É um jogo muito corrido, com transição de bola rápida e arremessos de três pontos. Mas estou preparada para esse desafio. Eu me mantenho em forma, fazendo musculação e trabalho anaeróbico." A árbitra brasileira teve como ápice a participação no Campeonato Mundial de basquete feminino, realizado no Brasil, no ano passado.

Tudo o que sabemos sobre:
basquete

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.