Brasileiros garantem que não estão mortos para a decisão

Logo após mais uma derrota no Mundial de basquete masculino - para a Grécia, nesta quarta-feira -, os jogadores da seleção brasileira fizeram questão de ressaltar que não estão mortos para o duelo decisivo contra a Lituânia, nesta quinta, pela classificação às oitavas-de-final da competição. Todos sabem que o jogo contra os europeus será o da vida de todos. "Amanhã (quinta) será a partida de nossas vidas. Vamos fazer de tudo para vencer a Lituânia e garantir a classificação", disse o ala/armador Alex Garcia.Para explicar o resultado negativo contra os gregos, Alex falou do nervosismo e dos erros nos lances livres. "Faltou mais tranqüilidade para a gente. Principalmente depois que conseguimos reagir. Tínhamos que acertar mais os passes. E os lances livres estão matando a gente. Temos que treinar mais, só que isso é coisa de momento", contou.O armador Leandrinho Barbosa, que joga no Phoenix Suns, destacou a entrada dos reservas no segundo tempo, que foram decisivos para a reação brasileira. "O nosso segundo time entrou muito bem, mas infelizmente perdemos no final. Esse grupo é unido e todos estão juntos independente do que acontecer em quadra", afirmou o jogador, que não teve grande atuação contra a Grécia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.