Brasília bate São José e segue na cola do Fla no NBB

Equipe joga bem em casa e mantém o segundo lugar na competição nacional com vitória por 94 a 72

Agencia Estado

15 de abril de 2009 | 23h27

O Universo/Brasília não está disposto a deixar o Flamengo/Petrobras se distanciar na liderança do Novo Basquete Brasil (NBB). Na noite desta quarta-feira, a equipe do Distrito Federal recebeu o São José/Unimed e venceu com facilidade, por 94 a 72. O triunfo manteve o Brasília em segundo, com 38 pontos, mesma pontuação do time carioca, que aparece em primeiro, ainda com um jogo a menos.

Jogando em casa, o Brasília não encontrou resistência para abrir vantagem nos dois primeiros quartos. No intervalo, já vencia por 55 a 41. O susto veio no terceiro período, quando o São José diminuiu a diferença para apenas quatro pontos. Mas o time anfitrião veio com tudo para o quarto final e confirmou a vitória com tranquilidade. O ala Arthur terminou como cestinha do confronto, com 16 pontos pela equipe vencedora.

Ainda nesta quarta-feira, também pela sétima rodada do returno do NBB, o Pitágoras/Minas conquistou uma importante vitória sobre o vice-lanterna Univates/Bira. Em Lajeado, a equipe mineira venceu por 84 a 70 e se manteve entre os primeiros colocados, aparecendo na terceira posição, com 37 pontos. O quarto colocado é o Ciser/Araldite/Univille/Joinville, que perdeu para o Flamengo nesta terça.

Outro a vencer fora casa foi o Pinheiros, que superou o UVV/PMVV, em Vitória, por 86 a 64. Graças aos 36 pontos do ala Alexandre, o time paulista subiu para a sexta posição. Também na zona de classificação aos playoffs, entre os oito melhores, o Vivo/Franca recebeu o Amigão/Andorinha/Unimed/Assis e ganhou por 76 a 68, com 32 pontos do armador Helinho.

Em um confronto entre equipes que brigam pelas últimas vagas na próxima fase, o Itabom/Bauru venceu o Lupo/Araraquara por 70 a 64, fora de casa. Mesmo com a vitória, o time só ficou fora da zona de classificação porque o Paulistano/Amil conseguiu um triunfo emocionante sobre o Saldanha da Gama, em Vitória, por 96 a 88. A equipe da capital paulista reagiu no último quarto para empatar a partida, levar para o tempo extra, e finalmente bater o time capixaba na segunda prorrogação, ficando na oitava posição.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBBBrasíliaSão José

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.