Reprodução/Twitter/Brooklyn Nets
Reprodução/Twitter/Brooklyn Nets

Brooklyn Nets contrata Blake Griffin para formar quarteto com Irving, Durant e Harden

Franquia de Nova York fecha com o jogador de 31 anos, que foi o primeiro draft em 2009, e entra de vez na briga pelo título da NBA

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de março de 2021 | 16h09

O Brooklyn Nets reforçou ainda mais o seu elenco para brigar pelo título da NBA. Dono na segunda melhor campanha da Conferência Leste, com 24 vitórias e 13 derrotas na temporada regular, o time de Nova York anunciou o ala-pivô Blake Griffin nesta segunda-feira. 

Dispensado pelo Detroit Pistons na última sexta-feira, o jogador de 31 anos assinou contrato até o final da temporada 2020-2021 com os Brooklyn Nets. A equipe agora terá um quarteto respeitável com Griffin ao lado de Kyrie Irving, Kevin Durant e James Harden.

"Temos sorte de poder adicionar um jogador do calibre de Blake ao nosso plantel neste momento da temporada", afirmou Sean Marks, gerente geral dos Nets. "Blake é um jogador versátil com um longo histórico de sucesso na NBA e estamos entusiasmados com o impacto que ele terá para nós, dentro e fora de quadra", completou.

Griffin não entra em quadra desde 14 de fevereiro, quando fechou acordo com o Detroit Pistons para não seguir mais na franquia. Apesar do entusiasmado dos Nets, o ala-pivô terá de provar que deixou para trás o problema no joelho esquerdo que afetou sua passagem pela equipe de Michigan. 

Primeira escolha do draft de 2009, Griffin causou impacto imediato na NBA, se destacando pelo Los Angeles Clippers. O ala-pivô registrou ótimas temporada por lá, com destaque para 2012-2013 e 2013-2014, quando levou o time aos playoffs.

No meio da temporada 2017-18, ele se transferiu para o Detroit Pistons. Griffin teve médias de 24,5 pontos e 5,4 assistências por jogo em sua primeira temporada completa em 2018-19, mas disputou apenas 38 jogos nas últimas duas temporadas por causa de uma série de lesões, com média de 13,9 pontos por jogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.