Kent Smith / NBAE / Getty Images / Getty Images via AFP
Kent Smith / NBAE / Getty Images / Getty Images via AFP

Bulls dominam e vencem Hornets com grande atuação de DeRozan; Jazz bate Warriors

Armador tem grande performance e marca 36 pontos na vitória por 121 a 109 para o time de Michigan

Redação, Estadão Conteúdo

10 de fevereiro de 2022 | 10h07

Em duelo válido pela Conferência Leste da NBA, o Chicago Bulls foi até o ginásio Spectrum Center, em Charlotte, e não teve problemas para derrotar o Charlotte Hornets por 121 a 109, pela rodada de quarta-feira da temporada regular, com grande performance de DeMar DeRozan, que marcou 36 pontos.

Brigando pelas primeiras posições, os Bulls permanecem na terceira colocação, com um retrospecto de 34 vitórias e 21 derrotas. Em péssima fase, os Hornets sofreram a sua sexta derrota consecutiva na liga e tem uma campanha de 28 triunfos em 56 partidas, mas se mantêm no nono lugar, ainda em posição de classificação ao "play-in" (fase anterior aos playoffs).

Os Bulls dominaram o confronto do início ao fim e tiveram 56% de aproveitamento de quadra, sendo 48,5% da linha de três, fatores primordiais para a vitória. Além de DeRozan, a franquia de Illinois contou ainda com as ótimas atuações de Zach LaVine (27 pontos, sete rebotes e cinco assistências) e Nikola Vucevic (18 pontos, 15 rebotes e oito assistências).

Pelo lado dos Hornets, LaMelo Ball foi disparado o melhor da equipe e tentou de tudo para sair com o resultado positivo. O jovem armador anotou 33 pontos, nove rebotes, cinco assistências e quatro roubos de bola. Miles Bridges (22 pontos, cinco rebotes e cinco assistências) e Kelly Oubre Jr (19 pontos), que iniciou como titular, foram os outros cestinhas.

No Oeste, com uma atuação de gala a partir do intervalo, o Utah Jazz mostrou sua força em casa e passou por cima do Golden State Warriors, fazendo 111 a 85 e colocando ponto final na sequência de nove vitórias do rival. Marcado por pesados desfalques de ambos os lados (Rudy Gobert e Rudy Gay nos locais e Klay Thompson, Draymond Green e Andre Iguodala nos visitantes), o jogo foi só foi equilibrado no na primeira metade, pois a partir daí só deu Jazz.

Com 23 pontos, Bojan Bogdanovic terminou como o cestinha, mas o grande nome foi Donovan Mitchell. Registrando 14 pontos e 10 rebotes, o armador ficou a somente duas assistências de se tornar o primeiro jogador da franquia com um "triple-double" (dois dígitos em três fundamentos) desde 2008. Quem também merece destaque especial pelos donos da casa é Hassan Whiteside, dono de nove pontos, 17 rebotes e impressionantes sete tocos.

Os Warriors ficaram devendo, principalmente o seu maior astro. Apresentando rendimento bem abaixo de sua média, Stephen Curry anotou 16 pontos (apanhou sete rebotes), dois a menos que Jordan Poole, o melhor pontuador da equipe de San Francisco.

Confira a rodada de quarta-feira da NBA:

Cleveland Cavaliers 105 x 92 San Antonio Spurs

Charlotte Hornets 109 x 121 Chicago Bulls

Oklahoma City Thunder 98 x 117 Toronto Raptors

Utah Jazz 111 x 85 Golden State Warriors

Portland Trail Blazers 107 x 105 Los Angeles Lakers

Sacramento Kings 132 x 119 Minnesota Timberwolves

Confira a rodada de quinta-feira da NBA:

Detroit Pistons x Memphis Grizzlies

Washington Wizards x Brooklyn Nets

New Orleans Pelicans x Miami Heat

Houston Rockets x Toronto Raptors

Dallas Mavericks x Los Angeles Clippers

Phoenix Suns x Milwaukee Bucks

Golden State Warriors x New York Knicks

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.