Campeão da NBA pelo Pistons, Richard Hamilton anuncia aposentadoria

Um dos grande ídolos da história recente do Detroit Pistons, o ala/armador Richard Hamilton anunciou oficialmente sua aposentadoria do basquete nesta quinta-feira, aos 37 anos. Ele estava afastado do esporte deste o meio de 2013, chegou a tentar um retorno no início desta temporada, mas uma nova lesão em seu pé o influenciou a abandonar as quadras definitivamente.

Estadão Conteúdo

26 de fevereiro de 2015 | 15h52

"Ano passado eu tirei o ano de folga para poder ficar com meus filhos, para deixar meu corpo se recuperar de uma longa temporada da NBA, coisas assim. Este ano, estava tentando a volta, procurando a posição certa, o time certo para ter a chance de vencer o campeonato. Mas aí machuquei o pé em outubro, então me olhei no espelho e disse: ''Ei, você sabe disso, talvez seja minha hora, tenho muitos quilômetros no meu corpo, então acho que tem que deixar acontecer''", disse em entrevista ao canal ESPN2.

A aposentadoria de um dos bons nomes da NBA no início dos anos 2000 imediatamente gerou repercussão nos Estados Unidos, e o Detroit Pistons se manifestou imediatamente. Em sua página no Twitter, postou uma foto de Richard Hamilton e desejou: "Parabéns por uma grande carreira. Aproveite a aposentadoria".

Foi justamente pelo Pistons que Hamilton viveu sua melhor fase na NBA. Lá, atuou de 2003 a 2011 e chegou a ser selecionado para o All-Star Game em três anos consecutivos, de 2006 a 2008. Seu auge, no entanto, talvez tenha acontecido em 2004, quando foi fundamental na campanha que levou o time ao seu terceiro título, derrotando na decisão o favorito Los Angeles Lakers de Gary Payton, Kobe Bryant, Karl Malone e Shaquille O''Neal.

A carreira de Hamilton, no entanto, começou no Washington Wizards, que o escolheu na sétima posição do Draft de 1999. Ele também atuou pelo Chicago Bulls, de 2012 a 2013. Em 14 temporadas na NBA, o ala/armador teve médias de 17,1 pontos, 3,4 rebotes e 3,1 assistências por partida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.