Kevin C. Cox/AFP
Kevin C. Cox/AFP

Cavaliers ganham segunda em Atlanta e ficam perto da final

LeBron James, mais uma vez, é o nome do jogo com 30 pontos

Estadão Conteúdo

23 de maio de 2015 | 09h49

O Cleveland Cavaliers está muito próximo da grande decisão da NBA. Na noite da última sexta-feira, a equipe de Ohio venceu o Atlanta Hawks pela segunda vez fora de casa na final da Conferência Leste e agora pode "varrer" o adversário se triunfar nas próximas duas partidas, nas quais atuará em casa. No jogo 2 da série melhor de sete, LeBron James deu show mais uma vez e foi o principal responsável pelo placar de 94 a 82.

O astro do Cavaliers foi o principal destaque da noite, tendo terminado com 30 pontos, 11 assistências e nove rebotes. Ele ainda contou com as ótimas atuações de Iman Shumpert (16 pontos) e Tristan Thompson (sete pontos e 16 rebotes). Pelo Hawks, o reserva Dennis Schroder foi o cestinha, mas com somente 13 pontos.

O show de LeBron começou cedo, e logo no primeiro quarto o ala fez o que quis com a defesa adversária, marcando 13 dos 26 pontos de sua equipe. No segundo período, o Hawks decidiu dobrar a marcação no astro, e aí ele mostrou toda sua inteligência e qualidade no passe.

Não havia o que fazer. Se o Hawks marcava individualmente, LeBron castigava a equipe com cestas fáceis. Se dobrava a marcação, o ala distribuía ótimos passes para Shumpert, James Jones (nove pontos) e Matthew Dellavedova (11), todos em dias inspirados no arremesso. Em último caso, Thompson conseguia alguns bons rebotes de ataque.

Na insistência, o Hawks até conseguiu se manter no jogo até o intervalo, quando perdia por apenas cinco pontos, mas no terceiro período a grande atuação de LeBron, aliada a mais um dia pouco inspirado dos arremessadores do time da casa, fizeram a diferença disparar e chegar a 20 pontos.

Não ajudou, também, o fato de Al Horford e Kyle Korver terem sofrido lesões e atuado o resto da partida abaixo de suas condições. Com o duelo praticamente decidido e com o Hawks extremamente abalado, foi só esperar o cronômetro zerar no último período. Os anfitriões ainda tentaram uma improvável reação, mas já era muito tarde.

Com a ótima vantagem obtida fora de casa, o Cavaliers deu passo muito importante para chegar à sua segunda final de NBA da história. A primeira aconteceu em 2007, também com LeBron como protagonista. A franquia ainda busca seu primeiro título na liga.

O terceiro jogo da série acontecerá já neste domingo, desta vez em Cleveland. Se vencer, o Cavaliers praticamente garantirá a classificação, já que nunca na história da NBA uma equipe conseguiu virar uma série depois de estar perdendo por 3 a 0. Neste sábado, quem pode abrir esta vantagem é o Golden State Warriors, que lidera por 2 a 0 diante do Houston Rockets na final do Oeste e vai atuar na casa do adversário, às 22 horas (de Brasília).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.