Cavaliers poupa astros e cai diante do Grizzlies; Toronto vence mais uma

Apesar da derrota, o Cleveland segue em primeiro no Leste, com 18 vitórias em 24 partidas

O Estado de S.Paulo

15 de dezembro de 2016 | 07h59

O técnico do Cleveland Cavaliers, Tyronn Lue, escolheu não bater de frente com o Memphis Grizzlies, quarta-feira à noite, na casa do rival. De uma só vez, poupou LeBron James, Kyrie Irving e Kevin Love. O resultado não poderia ser outro que uma vitória da equipe mais surpreendente da temporada na NBA: 93 a 85 para o Grizzlies.

Troy Daniels, jogador que após cinco temporadas, não havia feito muito mais que 100 partidas na NBA, foi o cestinha do jogo contra os atuais campeões, anotando 20 pontos depois de sair do banco de reservas. Astro do Grizzlies, Marc Gasol fez 17 e ainda pegou 11 rebotes.

Apesar da derrota, o Cleveland segue em primeiro no Leste, com 18 vitórias em 24 partidas, cada vez mais com o Toronto Raptors na cola. O time canadense alcançou o quarto triunfo seguido ao fazer 123 a 114 no Philadelphia 76ers, fora de casa, na noite de quarta-feira. O Raptors também tem 18 vitórias, mas em uma partida a mais.

Na Filadélfia, a dupla DeMar DeRozan e Kyle Lowry funcionou bem, com 51 pontos somados - 31 do primeiro, 20 do segundo. Lucas Bebê, que vinha jogando com regularidade, com média de quase 20 minutos por jogo em dezembro, desta vez não foi utilizado.

A noite não era dos brasileiros. Raulzinho até foi utilizado pelo Utah Jazz, mas por apenas um minuto, apesar da boa participação em sua última atuação, quando fez oito pontos. Mesmo assim, o Jazz venceu bem o Oklahoma City Thunder, por 109 a 89.

Russell Westbrook desacelerou e fechou a partida com 37 pontos, seis rebotes e cinco assistências. O armador do Thunder, que vem colecionando triple-doubles, falhou pela segunda vez seguida em conseguir sequer um double-double. Antes, vinha de sete partidas consecutivas anotando dois dígitos em três estatísticas.

James Harden, porém, garantiu o triple-double da noite. Fez 15 pontos, pegou 11 rebotes e deu 14 assistências em mais uma boa vitória do Houston Rockets, que venceu o Sacramento Kings por 132 a 98, em casa. Nenê esteve em quadra por 13 minutos e anotou cinco pontos, colhendo dois rebotes. Nas duas partidas anteriores, havia passado dos 10 pontos.

A vitória foi a oitava seguida do Rockets, que, mesmo assim, é só o quarto colocado do Oeste, com 19 vitórias e sete derrotas. Tem campanha idêntica à do Los Angeles Clippers, que, na quarta-feira à noite, sofreu para vencer o Orlando Magic por 113 a 108, fora de casa. Austin Rivers, filho do técnico Doc Rivers, foi o cestinha do jogo, com 25 pontos, acertando sete bolas de três em 10 tentativas. Blake Griffin anotou 23.

Em segundo lugar no Oeste, só atrás do Golden State Warriors, o San Antonio Spurs conseguiu sua 20.ª vitória ao bater o Boston Celtics com alguma tranquilidade, por 108 a 101. Kawhi Leonard brilhou, com 26 pontos. Em 25 partidas, o Spurs só tem cinco derrotas.

Com a temporada chegando ao fim do seu primeiro terço, os oito times do Oeste que irão aos playoffs parecem bem encaminhados, e o Los Angeles Lakers não é um deles. Na quarta à noite, fora de casa, perdeu pela 18.ª vez, a oitava seguida, desta vez para o Brooklyn Nets, por 107 a 97. Marcelinho Huertas nem jogou.

Confira os resultados desta quarta-feira:

Philadelphia Sixers 114 x 123 Toronto Raptors

Washington Wizards 109 x 106 Charlotte Hornets

Orlando Magic 108 x 113 Los Angeles Clippers

Miami Heat 95 x 89 Indiana Pacers

Brooklyn Nets 107 x 97 Los Angeles Lakers

Memphis Grizzlies 93 x 85 Cleveland Cavaliers

Houston Rockets 132 x 98 Sacramento Kings

Dallas Mavericks 85 x 95 Detroit Pistons

Utah Jazz 109 x 89 Oklahoma City Thunder

San Antonio Spurs 108 x 101 Boston Celtics

Acompanhe as partidas desta quinta-feira:

Milwaukee Bucks x Chicago Bulls

New Orleans Pelicans x Indiana Pacers

Denver Nuggets x Portland Trail Blazers

Phoenix Suns x San Antonio Spurs

Golden State Warriors x New York Knicks

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.