Divulgação/CBB
Divulgação/CBB

CBB anuncia Brasileirão Feminino de basquete com 16 equipes para setembro

Competição vai contar com times de oito estados e será disputado no sistema de ‘bolhas’ por causa da pandemia da covid-19

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de julho de 2021 | 18h27

A Confederação Brasileira de Basketball, em parceria com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), anunciou nesta quarta-feira que o Brasileirão Feminino terá 16 equipes, com início previsto para setembro. A competição vai contar com a participação de times de oito estados, incluindo a região Centro-Oeste e Nordeste. 

Segundo a CBB, todo o torneio será jogado em sistema de sedes, espécies de bolhas, levando em conta a pandemia da covid-19. Assim como no Brasileirão masculino, as equipes serão divididas em conferência — ainda a ser divulgada —, assim como a fórmula de disputa até o Final Four, marcado para novembro. 

Vice-presidente da CBB, Magic Paula diz que o objetivo da competição, que vai contar com atletas sub-23, é "pensar no futuro" e dar oportunidade para a nova geração, visando detectar talentos. 

"É uma felicidade e uma surpresa. Desde a minha chegada na CBB, essa foi a meta traçada por mim e pelo presidente Guy Peixoto, de valorizar e fortalecer o basquete feminino. De tentarmos recuperar o feminino", disse. 

O Brasileirão feminino terá transmissão ao vivo pela CBB TV. O calendário de jogos disponibilizados de forma gratuita será divulgado nas próximas semanas. 

Confira as equipes 

Instituto Vitaliza (PE)

Sport Club do Recife (PE)

Aeroclube (RN)

Clube Campestre (PB)

ADC Bradesco (SP)

Sociedade Thalia (PR)

SGJ Joinville (SC)

AGEFB/Basket São José/ELASE (SC)

Cerrado Basquete (DF)

Maracaju Basquete Clube (MS)

ADRM Maringá (PR)

ABASFI Foz do Iguaçu (PR)

São José dos Pinhais/Guaxo (PR)

Sociedade Recreativa Mampituba (SC)

BAsket Pinda - Pindamonhangaba (SP)

APAGEBASK Guarulhos(SP)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.