CBB aposta no sucesso do Nacional

A Confederação Brasileira de Basketball (CBB) aposta no sucesso do Campeonato Nacional Masculino de 2002, que começa a ser disputado dia 23. Gerasime Grego Bozikis, o presidente da entidade, afirmou que ele será "o melhor de todos os tempos". Para o dirigente, a transmissão dos jogos pela TV aberta (Bandeirantes) dará um novo impulso à modalidade no Brasil. O equilíbrio na busca por uma das oitos vagas nas quartas-de-final é apontado por técnicos e jogadores como a principal dificuldade do Nacional de 2002. Com um total de 17 clubes, a primeira fase será disputada em turno e returno. Para o técnico da seleção brasileira, Hélio Rubens, no mínimo 12 equipes estarão brigando pela classificação. Seleção - Para conhecer melhor os jogadores brasileiros que atuam por equipes estrangeiras, o técnico da seleção planeja realizar um período de treinamento somente com esses atletas. Segundo Hélio Rubens, enquanto os brasileiros estiverem disputando as finais do nacional os "jogadores estrangeiros" estarão de férias e poderão ser observados.

Agencia Estado,

16 de janeiro de 2002 | 18h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.