CBB nega aumento de cota aos clubes

Nove dos 16 clubes que disputam o Campeonato Nacional Masculino de Basquete pediram dinheiro à confederação da modalidade para custear despesas com transporte e ouviram um "não", publicado em nota oficial. Segundo a CBB, foram os clubes que definiram o atual sistema de disputa (jogos de ida e volta). No início da competição, cada clube recebeu R$ 10 mil para despesas com transporte. Até 2003, a CBB pagava todas as viagens.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.