Allan Carvalho/Brand/CBB
Allan Carvalho/Brand/CBB

CBB divulga lista de 13 times que poderão disputar Brasileirão 2022

Competição equivale à segunda divisão do basquete nacional e dá vaga no NBB, a elite da modalidade no Brasil

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de novembro de 2021 | 17h28

A Confederação Brasileira de Basketball anunciou nesta terça-feira a lista de 13 equipes que poderão disputar o Brasileirão masculino 2022. A competição, que equivale à segunda divisão do basquete nacional, dá vaga no Novo Basquete Brasil (NBB), a elite da modalidade no Brasil.

Os times aptos a competir são: Liga Super Basketball/Sodie, AZ Basquete Araraquara, Liga Sorocabana, Fupes Santos, São José Desportivo, Basket Osasco, Praia Clube, ADRM Maringá, Coritiba Monster/Sociedade Thalia, LBPG Ponta Grossa, AD Brusque, APAB Blumenau e AEGB/Vila Nova.

O estado com mais representantes é São Paulo, com cinco equipes. Depois vem o Paraná, com dois times. Santa Catarina terá dois representantes enquanto Rio de Janeiro, Minas Gerais e Goiás terão uma equipe cada com chances de entrar no torneio.

De acordo com a CBB, todos os times "passaram por checagem de documentação e foram aprovadas pelo departamento técnico da entidade". Agora, vão ter prazo até o dia 10 de dezembro para confirmarem a participação com o pagamento da taxa de inscrição.

Somente a confirmação dos times a CBB vai definir o formato a disputa. Mas já está certo que o campeão será definido no sistema Final Four. O campeão de 2022 poderá tentar vagar no NBB, pulando a aprovação do conselho fiscal da Liga Nacional de Basquete (LNB), indo direto para a comprovação documental.

Confira abaixo a lista das equipes:

AEGB/Vila Nova

Praia Clube

ADRM Maringá

Coritiba Monster/Sociedade Thalia

LBPG Ponta Grossa

Liga Super Basketball/Sodie

AD Brusque

APAB Blumenau

AZ Basquete Araraquara

Liga Sorocabana

Fupes Santos

São José Desportivo

Basket Osasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.