Omar Rawlings / AFP
Omar Rawlings / AFP

Celtics cai diante do Wizards em casa e deixa a ponta da Conferência Leste da NBA

Líder da conferência Oeste, Rockets também perde; Timberwolves supera Lakers

Estadão Conteúdo

26 de dezembro de 2017 | 10h03

Naquele que foi o seu primeiro jogo em casa durante uma rodada de Natal na NBA, o Boston Celtics foi derrotado pelo Washington Wizards por 111 a 103, no final da noite desta segunda-feira, e acabou deixando a liderança da Conferência Leste da liga de basquete dos Estados Unidos.

+ Em reedição da final, Durant comanda vitória do Warriors sobre o Cavs na NBA

+ Kanter dá show, mas Knicks cai para o 76ers na abertura da rodada de Natal da NBA

O resultado amargado neste 25 de dezembro fez a tradicional equipe cair para a segunda posição desta conferência, agora com dez derrotas em 37 partidas, enquanto o novo líder passou a ser o Toronto Raptors, que tem 23 triunfos e foi superado em apenas oito confrontos desta temporada regular.

Já o Wizards figura na sexta posição do Leste, agora com 19 vitórias em 34 jogos, e segue firme na zona de classificação aos playoffs. Para obter este expressivo triunfo na rodada natalina, a equipe da capital norte-americana foi impulsionada principalmente pelas boas atuações de Bradley Beal, cestinha com 25 pontos, e John Wall, com 21 pontos e 14 assistências.

Pelo lado do Celtics, que amargou a sua terceira derrota nos últimos quatro jogos e a sexta em uma sequência de 11 partidas, o habilidoso Kyrie Irving e o calouro Jayson Tatum contabilizaram 20 pontos cada um, mas não conseguiram interromper a fase irregular vivida pelo time de Massachusetts.

Para o Warriors, a vitória desta segunda-feira também foi saborosa pelo fato de que, na temporada passada, o Celtics eliminou o rival na semifinal da Conferência Leste, que só foi ser definida no sétimo e último duelo da equilibrada série decisiva.

ROCKETS TAMBÉM PERDE

Se por um lado o Celtics foi surpreendido, o Houston Rockets não conseguiu segurar o Oklahoma City Thunder, fora de casa, e caiu por 112 a 107 em outro duelo realizado na rodada noturna de Natal.

Assim, o Rockets passou a somar sete derrotas em 32 partidas e seguiu na vice-liderança da Conferência Oeste, no qual o Golden State Warriors abriu um pouco mais de vantagem no topo, com 27 triunfos em 34 jogos, ao bater o Cleveland Cavaliers, em casa, em outra partida da rodada de Natal. Mas esta foi realizada bem mais cedo (no final da tarde pelo horário de Brasília), quando reeditaram mais um confronto de finalistas da NBA nas últimas temporadas.

O Thunder, por sua vez, se garantiu na quinta posição do Oeste e agora soma 19 vitórias em 34 partidas. Para voltar a ganhar, a equipe foi liderada pelo astro Russell Westbrook, autor de um "double-double" de 31 pontos e 11 assistências. Paul George, com 24 pontos, e Carmelo Anthony, com 20, foram os outros dois principais destaques dos anfitriões.

No Rockets, James Harden também brilhou com 29 pontos e 14 assistências, mas ele só converteu sete de 18 arremessos de quadra, ficando abaixo do desempenho de quem ostenta a condição de principal cestinha desta temporada até aqui.

Os visitantes ainda contaram com Trevor Ariza e Eric Gordon marcando 20 pontos cada um, enquanto Clint Capela fez 19 e apanhou dez rebotes. Para completar, o time de Houston teve o pivô brasileiro Nenê jogando por 14 minutos, nos quais somou seis pontos, três rebotes e uma assistência.

TRIUNFO INÉDITO NO NATAL

Na última partida realizada na rodada de Natal, encerrada no meio da madrugada desta terça-feira (no horário de Brasília), o Minnesota Timberwolves derrotou o Los Angeles Lakers por 121 a 104, fora de casa, e pela primeira vez ganhou um duelo realizado em um 25 de dezembro na NBA.

Com a vitória inédita nesta data, o time passou a contabilizar 21 triunfos em 34 partidas, retrospecto que o deixa na quarta posição do Oeste, onde o Lakers é apenas o 12º colocado, agora com 21 derrotas em 33 duelos na temporada.

Jimmy Butler e Taj Gibson foram os cestinhas dos visitantes, com 23 pontos cada, enquanto Karl-Anthony Towns também foi decisivo com 21 pontos e dez rebotes. Jamal Crawford, por sua vez, colaborou com 19 pontos após sair do banco de reservas.

Pelo lado do Lakers, o calouro Kyle Kuzma brilhou como cestinha do jogo, com 31 pontos, mas nenhum outro jogador da equipe se aproximou de seu desempenho ofensivo, o que pesou para a derrota por 17 pontos de diferença. E pesou também o fato de que a equipe da Califórnia não contou com Lonzo Ball e Brandon Ingram, ambos lesionados.


Confira os jogos da rodada desta terça-feira na NBA:


Detroit Pistons x Indiana Pacers

Dallas Mavericks x Toronto Raptors

Miami Heat x Orlando Magic

Milwaukee Bucks x Chicago Bulls

San Antonio Spurs x Brooklyn Nets

Phoenix Suns x Memphis Grizzlies

Denver Nuggets x Utah Jazz

Los Angeles Clippers x Sacramento Kings

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.