John Gress/Reuters
John Gress/Reuters

Chicago Bulls derrota Boston Celtics em casa na NBA

Com vitória por 97 a 81, equipe praticamente garantiu o título simbólico da Conferência Leste

AE, Agência Estado

08 de abril de 2011 | 08h49

CHICAGO - O Chicago Bulls deu mais um sinal de força na noite de quinta-feira ao derrotar o Boston Celtics por 97 a 81, em casa, em confronto direto na luta pela liderança da Conferência Leste da NBA. O triunfo praticamente garantiu o título simbólico da conferência ao Bulls, que soma 58 vitórias e 20 derrotas. A equipe é seguida pelo Celtics e pelo Miami Heat, ambos com 54 triunfos e 24 derrotas.

Apontado como favorito ao prêmio de Jogador Mais Valioso (MVP, na sigla em inglês), Derrick Rose foi o cestinha da partida com 30 pontos. Carlos Boozer conseguiu um "double-double" no triunfo com 14 pontos e 12 rebotes. Paul Pierce, com 15 pontos, e Kevin Garnett, com dez pontos e dez rebotes foram os destaques do Celtics.

No outro jogo da rodada de quinta-feira da NBA, o Portland Trail Blazers superou o Utah Jazz por 98 a 87, fora de casa, e assumiu a sexta colocação da Conferência Oeste da NBA com 46 vitórias e 33 derrotas.

Gerald Wallace liderou o Blazers, que já está classificado para os playoffs da NBA, e foi o cestinha da partida com 29 pontos. Devin Harris, com 26 pontos, Paul Millsap, com 19 pontos e dez rebotes, e Al Jefferson, com 14 rebotes e dez pontos, foram os principais jogadores do Jazz.

Jogos de 8 de abril:

Indiana Pacers x Atlanta Hawks

New Jersey Nets x New York Knicks

Philadelphia 76ers x Toronto Raptors

Boston Celtics x Washington Wizards

Cleveland Cavaliers x Chicago Bulls

Detroit Pistons x Milwaukee Bucks

Miami Heat x Charlotte Bobcats

New Orleans Hornets x Phoenix Suns

Oklahoma City Thunder x Denver Nuggets

Memphis Grizzlies x Sacramento Kings

Dallas Mavericks x Los Angeles Clippers

Portland Trail Blazers x Los Angeles Lakers

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.