Chicago e Miami ficam a uma vitória da vaga na NBA

Agora, só um milagre tira o Chicago Bulls e o Miami Heat das semifinais da Conferência Leste da NBA. As duas equipes confirmaram o favoritismo na noite de quinta-feira e, mesmo fora de casa, venceram seus adversários, abrindo 3 a 0 nas série melhor de sete jogos da primeira rodada dos playoffs. Assim, dependem apenas de mais uma vitória para conseguir a classificação.

AE, Agência Estado

22 de abril de 2011 | 08h57

Equipe de melhor campanha na temporada regular da liga norte-americana de basquete, o Bulls voltou a mostrar sua força e, apesar do sufoco, ganhou do Indiana Pacers por 88 a 84. O armador Derrick Rose foi novamente o cestinha do time de Chicago, com 23 pontos marcados, mas Luol Deng também teve papel decisivo na vitória, com 21 pontos, seis rebotes e seis assistências.

Assim como já tinha acontecido nos dois primeiros jogos da série, o Pacers lutou bastante e esteve perto da vitória, mas sucumbiu no final. Dessa vez, o melhor em quadra foi Danny Granger, com 21 pontos. Agora, porém, a equipe precisa de uma virada incrível sobre o Bulls para poder avançar nos playoffs, a começar pela partida deste sábado, novamente em Indianápolis.

Também na noite de quinta-feira, o Miami Heat abriu 3 a 0 na sua série com o Philadelphia 76ers, ao vencer fora de casa por 100 a 94. Para isso, contou com outra noite inspirada de seu trio de astros: LeBron James, que terminou com 24 pontos e 15 rebotes, Chris Bosh, com 19 pontos marcados, e Dwyane Wade, que conseguiu totalizar 32 pontos, 10 rebotes e oito assistências.

O Sixers até que fez uma boa partida, controlando o placar nos três primeiros quartos. Mas a equipe da casa errou demais no momento decisivo e acabou perdendo. O pivô Elton Brand foi o destaque, com 21 pontos e 11 rebotes, mas não evitou a derrota. Assim, o Miami Heat pode fechar a série já no domingo, quando acontece o quarto jogo do confronto, novamente na Filadélfia.

No outro jogo disputado na noite de quinta-feira, o Portland Trail Blazer reagiu na série contra o Dallas Mavericks e ganhou em casa por 97 a 92, diminuindo a vantagem do adversário, que agora lidera o confronto por 2 a 1. Os principais responsáveis pela vitória foram Wesley Matthews, com 25 pontos marcados, e Lamarcus Aldridge, que contribuiu com outros 20 pontos.

Do lado do Mavericks, o alemão Dirk Nowitzki manteve suas altas médias, ao conseguir 25 pontos e nove rebotes. Ele ainda contou com boa ajuda do reserva Jason Terry, que somou 29 pontos. Mas nada disso foi suficiente para evitar a derrota. Agora, o time de Dallas tenta evitar o empate do Blazers, em jogo marcado para acontecer neste sábado, mais uma vez em Portland.

Nesta sexta-feira, serão disputados três jogos nos playoffs da NBA: New York Knicks x Boston Celtics, Atlanta Hawks x Orlando Magic e New Orleans Hornets x Los Angeles Lakers.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.