China contrata norte-americano para dirigir basquete

Bob Donewald, que já trabalhou no Hornets e no Cavs, promete fazer chineses se orgulharem da seleção masculina

AE, Agência Estado

30 de abril de 2010 | 10h31

O norte-americano Bob Donewald foi contratado nesta sexta-feira para dirigir a seleção masculina de basquete da China com a promessa de fazer o país se orgulhar da equipe. "Vamos nos unir e fazer este país sentir orgulho", afirmou.

O treinador, que trabalhou como assistente-técnico no New Orleans Hornets e no Cleveland Cavaliers, admitiu que a equipe precisa contar com a estrela Yao Ming em boa forma para conseguir bons resultados.

O pivô continua afastado por uma lesão no pé e pode ficar fora do Mundial, que será disputado em agosto. "Yao Ming é um dos melhores jogadores do mundo e sua contusão torna as coisas um pouco mais difíceis", disse Donewald sobre o astro do Houston Rockets, responsável pela popularização da NBA na China.

Donewald foi contratado depois de liderar o Shanghai Sharks, de propriedade de Yao, ao Final Four do Campeonato Chinês em sua primeira temporada. Foi a primeira vez que um time de Xangai atingiu as semifinais em oito anos.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteChinaBob Donewald

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.