AFP
AFP

China vence Asiático de Basquete Masculino e se garante no Rio-2016

Equipe bate Filipinas por 78 a 67 e carimba passaporte para o Brasil

Estadão Conteúdo

03 de outubro de 2015 | 13h49

A seleção chinesa masculina de basquete garantiu neste sábado a última vaga direta para os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016. A equipe se tornou campeã asiática de 2015 ao derrotar as Filipinas por 78 a 67, na cidade de Changsha, para delírio da torcida local, e, com isso, confirmou a passagem para o Brasil.

Com os representantes das Américas, da Europa, da África e da Oceania definidos, a disputa do basquete masculino no Rio-2016 já conheceu nove de seus 12 participantes. São eles: Brasil, país-sede, Estados Unidos, Argentina, Venezuela, Austrália, Nigéria, Espanha, Lituânia e a China.

As últimas três vagas serão definidas em três torneios pré-olímpicos que serão disputados no ano que vem. Filipinas, Irã (terceiro colocado no Asiático) e Japão (quarto) vão disputar estas últimas vagas e ainda sonham em vir ao Brasil em 2016.

Para carimbar seu 16.º título em 28 edições do Campeonato Asiático, a China contou com uma mescla eficaz de experiência e juventude. O veterano Yi Jianlian, com passagens pela NBA, foi o cestinha do time na competição, com 16,7 pontos por jogo, e foi bem na decisão deste sábado, com 11 pontos e 15 rebotes. Mas o grande destaque do dia ficou por conta do Zhou Qi, de somente 19 anos, que terminou com 16 pontos e 14 rebotes.

O cestinha, no entanto, foi um terceiro chinês, Guo Ailun, com 19 pontos. Pelo lado filipino, destaque para o norte-americano naturalizado Andray Blatche, outro que passou boa parte da carreira na NBA, que terminou com 17 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.