Gregory Shamus/Getty Images/AFP
Gregory Shamus/Getty Images/AFP

Classificação do Cavaliers na NBA dá impressão errada de ajuda ofensiva a LeBron

Presença de Tristan Thompson, que havia atuado pouco na série contra o Pacers, faz pensar que time atuou mais coletivamente no jogo 7; números dizem o contrário

Rodrigo Luiz, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

30 de abril de 2018 | 07h00

A suada classificação do Cleveland Cavaliers para a semifinal dos playoffs da Conferência Leste da NBA neste domingo, após a vitória no jogo 7 diante do Indiana Pacers, passou a impressão de que o time de Ohio apresentou um estilo de jogo diferente do que vinha praticando ao longo da temporada e, principalmente, nas seis partidas anteriores da série.

+ LeBron faz 45 pontos, Cavaliers vence o Pacers e vai à semifinal no Leste

+ Houston Rockets derrota o Utah Jazz e sai na frente na semi do Oeste

+ Confira mais notícias de basquete

Já era esperado que o astro LeBron James tivesse mais uma atuação monstruosa e liderasse o Cavs, até mesmo em caso de uma eventual derrota - que ele evitou ao anotar 45 pontos, apanhar nove rebotes e dar sete assistências no triunfo por 105 a 101 na Quicken Loans Arena. No entanto, uma atuação diferente, com menos trocas de atletas e com a presença até então improvável do pivô Tristan Thompson pareciam ter acarretado uma mudança positiva e, ainda, acender uma luz no fim do túnel das dificuldades ofensivas que o time comandado por Tyronn Lue tem tido.

O time de Cleveland realmente iniciou a partida melhor do que nos últimos confrontos. E a entrada de Thompson, que em toda a série havia tido pouquíssimos minutos até então, foi mesmo efetiva: ele teve 15 pontos e dez rebotes, e também auxiliou na defesa - o pivô rival, Myles Turner, fez apenas oito pontos e foi excluído com seis faltas antes do fim da partida.

No entanto, a mudança do Cavaliers parou por aí, e os números mostram: Kevin Love, que se ressente de um problema na mão esquerda mas segue atuando sem descanso, teve 14 pontos e seis rebotes em 32 minutos dentro de quadra. JR Smith até foi melhor que nos últimos jogos, com 11 pontos - mesma marca do armador reserva George Hill, que ficou ausente dos jogos cinco e seis por um problema nas costas. Mas a tão pedida "ajuda a LeBron" parou por aí.

O ala-armador Kyle Korver, que iniciou o jogo como titular, teve apenas três pontos e três rebotes - ele teve grandes atuações nas partidas anteriores em que o Cleveland venceu o Indiana, mas foi bastante apagado nas três derrotas da série. O ala Jeff Green, reserva útil, fez apenas cinco pontos. O ala-pivô Larry Nance Jr. fez apenas um ponto, e o armador Jordan Clarkson não pontuou. Além deles, nenhum outro atleta do Cavs chegou a dois dígitos em qualquer outro quesito, o que mostra que LeBron James continua bastante solitário na atuação ofensiva do atual vice-campeão da NBA.

Se o Cleveland Cavaliers encarou um adversário bastante forte na primeira rodada dos playoffs, deverá ter vida ainda mais dura na semifinal do Leste. Seu adversário será o Toronto Raptors, que foi o líder da conferência e passou pelo Washington Wizards em seis partidas. Os dois times começam a se enfrentar na próxima terça-feira, no Canadá.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.