Jae C. Hong/AP
Jae C. Hong/AP

Cleveland Cavaliers anuncia contratação do técnico da Universidade de Michigan

John Beilein, de 66 anos, assinou por cinco temporadas e vai assumir o lugar de Larry Drew

Redação, Estadão Conteúdo

13 de maio de 2019 | 19h54

O Cleveland Cavaliers anunciou nesta segunda-feira a contratação de John Beilein como o seu novo técnico para a NBA. O treinador de 66 anos conseguiu transformar o time da Universidade Michigan em uma potência no basquete universitário dos Estados Unidos e agora terá a missão de reconduzir a equipe de Ohio aos bons tempos.

O novo comandante assinou um contrato de cinco anos e assume o lugar de Larry Drew, que ocupou interinamente o cargo depois da saída de Tyronn Lue. Este último foi demitido após não conseguir conquistar nenhuma vitória nos primeiros seis jogos da temporada regular do atual campeonato da NBA. E ele caiu mesmo depois de ter sido o técnico do time que conquistou o único título da liga de basquete dos Estados Unidos obtido pela franquia, na temporada 2015/2016.

Ao oficializar a contratação de Beilein, o gerente geral dos Cavaliers, Koby Altman, ressaltou que ele é o tipo de técnico que a franquia de Cleveland estava procurando. "Entrevistamos vários candidatos fortes, talentosos que, sem dúvida, terão a sua oportunidade de dirigir times na NBA em algum momento, mas, ao finalizar essas entrevistas, decidimos que Beilein era a pessoa indicada para o cargo", afirmou o dirigente.

O novo treinador dos Cavaliers fez fama como um técnico que promove jogadores jovens e arma bons times. Em sua trajetória no basquete universitário, começou na Nazareth College e depois passou por LeMoyne, Canisius, Richmond, West Virginia e finalmente Michigan. E ele é um de apenas quatro técnicos que conseguiu classificar quatro faculdades ao torneio da NCAA, a principal competição universitária dos EUA na modalidade.

"É um dos cérebros do basquete mais bem-sucedidos e inovadores. Tem um talento único para gerar uma cultura de destaque que incentivará o surgimento de jogadores jovens e dará uma estrutura sólida a todo o programa (de revelação de atletas). Sem mencionar o fato de que John Beilen é vencedor onde quer que vá", reforçou Koby Altman.

Os Cavaliers entraram em forte declínio na NBA após a saída de LeBron James para o Los Angeles Lakers. O time terminou a sua última campanha com 19 vitórias e 63 derrotas e ficou na penúltima posição da Conferência Leste, ficando à frente apenas do New York Knicks. Foi o segundo pior desempenho desta temporada, ao lado do amargado pelo Phoenix Suns, o lanterna da Conferência Oeste, também com 19 triunfos e 63 revezes em 82 partidas disputadas.

Em Cleveland, Beilein deve montar um time jovem, mas que conta com a experiência do ala/pivô Kevin Love, de 30 anos, além da promessa Collin Sexton e outros nomes como Larry Nance Jr e Jordan Clarkson em seu elenco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.