Kyle Terada/Usatoday
Kyle Terada/Usatoday

Com 35 pontos de Curry, Warriors massacra Rockets e faz 2 a 1 na final do Oeste

Armador fez 26 pontos no segundo tempo, sendo 18 no terceiro quarto, quando converteu seus sete arremessos de quadra

Estadão Conteúdo

21 de maio de 2018 | 09h06

O Houston Rockets não pôde fazer nada diante da grande atuação de Stephen Curry na noite de domingo. Com 35 pontos, incluindo cinco cestas de três do astro eleito duas vezes o MVP da NBA, o Golden State Warriors massacrou o rival e o superou por 126 a 85, fazendo 2 a 1 na série melhor de sete jogos da final da Conferência Oeste.

+ Cavaliers vencem a primeira contra o Celtics na final do Leste da NBA

Curry fez 26 pontos no segundo tempo, sendo 18 no terceiro quarto, quando converteu seus sete arremessos de quadra. Assim, liderou o triunfo por maior vantagem do Warriors - 41 pontos - na história dos playoffs, superando os 39 pontos dos 85 a 46 aplicados no St. Louis Bombers em 6 de abril de 1948, quando a franquia era sediada na Filadélfia.

Kevin Durant acrescentou 25 pontos, seis rebotes e seis assistências, enquanto Draymond Green somou 17 rebotes aos seus dez pontos e seis assistências. O Warriors, então, chegou aos 16 triunfos consecutivos nos playoffs como mandante, se isolando do recorde anterior, que era do Chicago Bulls, com 15 vitórias entre 27 de abril de 1990 e 21 de março de 1991. "Estamos no meio de uma grande sequência, obviamente", disse o técnico Steve Kerr.

Os atuais campeões da NBA impuseram a grande vitória após perderem o segundo jogo da série na última quarta-feira por 127 a 105. Para isso, entraram em quadra determinados a frearem o Rockets no ataque e a encontrar jogadores aberto na zona de três pontos.

O Warriors teve grande atuação coletiva, tanto que os titulares anotaram ao menos dez pontos pela primeira vez nesta edição dos playoffs. James Harden finalizou com 20 pontos e nove assistências, e Chris Paul somou 13 pontos e dez rebotes. A dupla converteu apenas 12 de 32 arremessos de quadra.

O Jogo 4 da série está marcado para a noite de terça-feira, novamente na Oracle Arena. Antes, nesta segunda-feira, o Cleveland Cavaliers vai receber o Boston Celtics para o quarto duelo da final da Conferência Leste. O Celtics está em vantagem de 2 a 1 na série.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.