Butch Dill/AP
Butch Dill/AP

Com 41 pontos de Harden, Rockets supera Pelicans e ganha a quarta seguida

Armador chegou ao sétimo jogo seguido com, no mínimo, 35 pontos e sete assistências

Redação, Estadão Conteúdo

30 de dezembro de 2018 | 09h18

James Harden continua em grande forma na temporada 2018/2019 da NBA. Eleito o MVP do campeonato anterior, o astro brilhou na rodada de sábado ao liderar o Houston Rockets na vitória por 108 a 104 sobre o New Orleans Pelicans, fora de casa, tendo marcado 41 pontos.

O desempenho, que incluiu nove rebotes e seis assistências, levou Harden a se tornar o primeiro jogador na história da NBA desde Oscar Robertson a terminar sete jogos consecutivos com ao menos 35 pontos e cinco assistências. E assim foi fundamental para o quarto triunfo consecutivo do quarto colocado da Conferência Oeste.

Harden marcou 26 pontos no primeiro tempo e chegou aos 40 pelo terceiro jogo seguido. Ele converteu 7 de 16 arremessos de 3 pontos e ainda acertou todos os 14 lances livres. O brasileiro Nenê ficou em quadra por 15 minutos, com cinco pontos, três rebotes e duas assistências.

Anthony Davis parecia estar em uma noite lenta depois de marcar 48 pontos na vitória sobre o Dallas Mavericks na sexta-feira, tendo acertado apenas cinco disparos no primeiro quarto - terminou o duelo com 22 pontos. Julius Randle liderou o Pelicans, o segundo pior time do Oeste, com 23 pontos e 11 rebotes.

No duelo entre o melhor e a pior equipe do Oeste, a lógica prevaleceu e o Denver Nuggets derrotou o Phoenix Suns, fora de casa, por 122 a 118, com 46 pontos de Jamal Murray, que marcou em nove arremessos de três. Ele havia feito 31 pontos na noite anterior, em uma vitória sobre o San Antonio Spurs.

Nikola Jokic acrescentou 23 pontos, nove assistências e oito rebotes para o Denver. O novato Deandre Ayton marcou 33 pontos e acrescentou 14 rebotes pelo Suns. Foram 24 pontos apenas no segundo quarto, um recorde para um novato na franquia.

No Oregon, o Golden State Warriros venceu o Portland Trail Blazers por 115 a 105, se vingando da derrota na quinta-feira. Klay Thompson marcou 32 pontos e Stephen Curry e Kevin Durant fizeram 25 cada para o segundo colocado do Oeste. Damian Lillard acertou seis tentativas de 3 pontos e marcou 40 pontos para o Blazers, o sétimo colocado da mesma conferência.

No mesmo dia em que anunciou que John Wall passará por cirurgia no pé esquerdo e ficará seis meses afastado das quadras, perdendo o restante do campeonato, o Washington Wizards seu uma demonstração de bom jogo coletivo ao superar o Charlotte Hornets por 130 as 126, em casa, com sete atletas anotando ao menos dez pontos.

Trevor Ariza marcou 24 pontos e ainda somou nove assistências e sete rebotes pelo Wizards, que venceu pela terceira vez em 12 jogos, ocupando a 11ª posição na Conferência Leste. Já Thomas Bryant acrescentou 21 pontos e dez rebotes. Kemba Walker marcou 24 dos seus 47 pontos no quarto período pelo Hornets, o sétimo colocado do Leste.

Com um "triple-double" de 31 pontos, dez rebotes e dez assistências de Giannis Antetokounmpo, o Milwaukee Bucks fez 129 a 115 no Brooklyn Nets, em casa, e se consolidou com a melhor campanha da NBA e da Conferência Leste, com 25 triunfos em 35 jogos.

Também pela rodada de sábado da NBA, o San Antonio Spurs derrotou o Los Angeles Clippers por 122 a 111 com 38 pontos e sete rebotes de LaMarcus Aldridge. O Boston Celtics reverteu uma desvantagem de 19 pontos no segundo tempo para superar o Memphis Grizzlies por 112 a 103.

O Utah Jazz venceu fácil o New York Knicks por 129 a 97, com 25 pontos e 16 rebotes de Rudy Gobert, além de cinco pontos e três assistências de Raulzinho nos 19 minutos em que o brasileiro atuou. Já o Atlanta Hawks bateu o Cleveland Cavaliers por 111 a 108 com 21 pontos de Vince Carter.

Confira os jogos da rodada de domingo da NBA:

Orlando Magic x Detroit Pistons

Miami Heat x Minnesota Timberwolves

Toronto Raptors x Chicago Bulls

Dallas Mavericks x Oklahoma City Thunder

Portland Trail Blazers x Philadelphia 76ers

Los Angeles Lakers x Sacramento Kings

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.