Com cestas salvadoras de Kobe Bryant, Lakers derrota Suns

Com cestas decisivas do ala-armador Kobe Bryant, no final da partida e na prorrogação, o Los Angeles Lakers virou e venceu o Phoenix Suns por 99 a 98, na noite deste domingo, pelo quarto jogo da série melhor-de-sete da primeira rodada dos palayoffs da Conferência Oeste da NBA.A partida foi definida apenas no minuto final da prorrogação. Faltando 49 segundos, o armador Steve Nash, acertou uma cesta de três e deixou o Phoenix três pontos na frente, 98 a 95.O Lakers seguiu em desvantagem até 11 segundos para o final, quando Kobe resolveu a partida. Primeiro, o armador diminuiu para 98 a 96. Em seguida, ele aproveitou erro de Nash para acertar outro arremesso instantes antes do apito final e decretar a vitória de sua equipe.Com o placar, a equipe californiana abriu 3 a 1 na série. O time perdeu apenas a primeira partida na casa do rival e venceu as três seguintes, sendo as duas últimas em seu ginásio. Assim, o Lakers pode garantir a classificação no quinto jogo, novamente em Phoenix, nesta terça-feira.Kobe terminou a partida com 24 pontos, 8 assistências e 4 rebotes. Mas o cestinha da equipe foi ala-pivô Lamar Odom, com 25 pontos, além de 8 rebotes e 5 assistências. O ala-pivô Kwame Brown conseguiu um "double-double" (dois dígitos em dois fundamentos), com 12 pontos e 10 rebotes. O ala Devean George saiu do banco para anotar 10 pontos.Pelo Phoenix, Nash também registrou um "double-double", com 22 pontos e 11 assistências, assim como o ala Shawn Marion, com 20 pontos e 12 rebotes. Já o pivô Boris Diaw chegou perto de um "triple-double" (três dígitos em dois fundamentos), com 21 pontos, 8 rebotes e 7 assistências, enquanto o ala Tim Thomas marcou 12 pontos e pegou 7 rebotes.O armador brasileiro Leandrinho Barbosa, começou no banco de reservas e foi aproveitado por 15 minutos pelo técnico Mike D´Antoni. Ele marcou seis pontos, roubou duas bolas, pegou um rebote, deu uma assistência e cometeu quatro faltas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.